Inauguradas instalações da Marcopolo junto ao TecnoUCS

 

Reitor Evaldo Kuiava; CEO da Marcopolo James Belini; e presidente da FUCS, José Quadros dos Santos no corte da fita inaugural: espaço para projetos conjuntos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação.

Reitor Evaldo Kuiava; CEO da Marcopolo James Belini; e presidente da FUCS, José Quadros dos Santos no corte da fita inaugural: espaço para projetos conjuntos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação – Foto Giovani Boff | DC Multimídia

Kuiava, Bellini, Petras, Quadros e Oliver: aproximação entre unidades de inovação e parque científico-tecnológico promove avanço na história de parceria entre a Universidade e a fabricante caxiense. Foto Giovani Boff, DC Multimídia

Kuiava, Bellini, Petras, Quadros e Oliver: aproximação entre unidades de inovação e parque científico-tecnológico promove avanço na história de parceria entre a Universidade e a fabricante caxiense – Foto Giovani Boff, DC Multimídia


Desde a segunda, 16/11, unidades de inovação Marcopolo Next e Marco Zero passam a operar no Bloco 59 do campus-sede, atuando em conjunto com o Parque de Ciência, Tecnologia e Inovação da Universidade de Caxias do Sul

Solenidade marcou instalação da divisão de novos negócios Marcopolo Next e da unidade de investimentos corporativos em empreendimentos iniciantes, Marco Zero - Foto Giovani Boff, DC Multimídia

Solenidade marcou instalação da divisão de novos negócios Marcopolo Next e da unidade de investimentos corporativos em empreendimentos iniciantes, Marco Zero – Foto Giovani Boff, DC Multimídia

Com o objetivo de atuar em conjunto com a Universidade de Caxias do Sul em projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I), aproximando-se do ecossistema de pesquisa e startups, a Marcopolo instalou duas unidades de inovação no campus-sede da UCS. A inauguração da área física da Marcopolo Next (divisão de novos negócios) e da Marco Zero (unidade de investimentos corporativos em empreendimentos iniciantes) ocorreu nesta segunda, 16 de novembro, no Bloco 59 do campus-sede, que no térreo abriga a sede administrativa e os espaços de coworking do Parque de Ciência, Tecnologia e Inovação da universidade, o TecnoUCS.

Criada há um ano sob o conceito de company builder, ou seja, uma divisão essencialmente voltada para novos negócios, a Marcopolo Next é voltada para o futuro da mobilidade, desenvolvendo serviços e sistemas inteligentes que facilitem o deslocamento e a conexão das pessoas. As áreas de atuação são serviços, mobilidade e sistemas. Por meio da Marcopolo Next, a companhia expande a sua atuação com projetos envolvendo novas tecnologias, novos sistemas de mobilidade e novos modais, como elétrico e metroferroviário, além dos ônibus.

Unidades ocuparão espaço de 260 metros quadrados onde funcionava o restaurante Ícaro - Foto Giovani Boff, DC Multimídia

Unidades ocuparão espaço de 260 metros quadrados onde funcionava o restaurante Ícaro – Foto Giovani Boff, DC Multimídia


Já a Marco Zero nasceu para fortalecer a estrutura de corporate venture capital (CVC) – investimento em negócios iniciantes – da Marcopolo. Foi criada como parte da estratégia de atrair e adotar inovações, aproximar-se de novos mercados e fomentar a inovação aberta, se integrar a startups, aceleradoras, hubs, investidores e grupos estratégicos.

Localização 

As unidades de negócios inovadores da Marcopolo ocupam um espaço de 260 metros quadrados, na metade à direita do andar superior do Bloco 59, que no térreo abriga a sede administrativa do TecnoUCS, o programa de geração de negócios inovadores StartUCS, o programa UCS Empresa Júnior, empresas incubadas e espaços de coworking. A outra metade do andar superior continuará sendo utilizada pelo Restaurante Universitário (RU), administrado pela Escola de Gastronomia da UCS.

Pronunciamentos

Com a presença de gestores, professores e pesquisadores da UCS, e de executivos e funcionários da Marcopolo, a solenidade inaugural das instalações da Marcopolo Next e da Marco Zero transcorreu em clima de informalidade e parceria, que foi destacada no pronunciamento das autoridades acadêmicas.

O reitor Evaldo Kuiava lembrou a longa trajetória conjunta da universidade e da empresa, destacando, em especial, projetos recentes como o Biosafe (sistema de higienização de ônibus preventiva à Covid-19, cujo desenvolvimento contou com ensaios nos Laboratórios de Microbiologia da UCS) e o do UCSGRAPHENE, que tem executado desenvolvimentos para componentes das carrocerias fabricadas pela Marcopolo. Já o presidente da Fundação Universidade de Caxias do Sul (FUCS), José Quadros dos Santos, citou o sócio-fundador da Marcopolo, Paulo Bellini, falecido em 2017, como um dos grandes mentores do desenvolvimento e da inovação empresarial na região.

A seguir, a síntese dos pronunciamentos:

“As empresas, de modo geral, sempre resolveram seus problemas olhando pra dentro, guardando segredo industrial para o concorrente não roubar ideias. Hoje, o mundo inverteu: nós aqui vamos anunciar nossos problemas para encontrar quem se habilita a nos ajudar. Estar em uma universidade é se abrir para o mundo. Quantos professores e pesquisadores vão olhar nossos problemas e dizer: eu posso ajudar? É isso que a gente vem buscar aqui. É cocriar soluções, com várias pessoas e conhecimentos”. Oliver d’Haese, diretor de Captação e Parcerias da Marcopolo S/A

“Esta iniciativa está alinhada com os pilares da Marcopolo de estimular a inovação, a criatividade, a colaboração, a autonomia e de estar aberta à diversidade de pensamento, novos processos, comportamentos e atitudes. Ao estarmos aqui no TecnoUCS direcionamos nosso enfoque para a inovação na mobilidade, discutindo nossos objetivos aqui nesse ecossistema. Hoje já estamos participando do Conselho de Governança deste parque tecnológico e do Instituto Hélice, um movimento de inovação aberta. Com essas conexões, será muito mais ágil criarmos novos projetos”. Petras Amaral, Innovation Business Head da Marcopolo Next

“O grande desafio, quando iniciamos esse projeto de inovação na Marcopolo, era como integrar a Next, que é a Marcopolo de futuro, com o ‘core business’, aquilo que a gente fez a vida toda e sabe fazer. No desenvolvimento, conseguimos colocar andando juntos, no caminho de inovação, o core e a Next, tornando a Marcopolo sempre uma empresa mais ágil e eficiente. E hoje, aqui, acontece a materialização do que idealizamos. Aqui já estamos na Marcopolo do futuro, com a UCS, uma parceira de muito tempo, junto em mais uma iniciativa inovadora”. James Belini, CEO do Grupo Marcopolo S/A

“Entre as universidades comunitárias gaúchas, 115 das 216 patentes existentes são da UCS. Aqui, nos nossos programas de mestrado e doutorado, da pesquisa, produzimos muito conhecimento, mas quem transforma conhecimento em produto para o mercado são as empresas, por isso precisamos trabalhar juntos, nessa visão contemporânea. Esperamos que nos tragam os problemas, desafiem nossos pesquisadores. Se não pudermos resolver, vamos buscar parceiros através de 214 convênios internacionais que temos nos cinco continentes e também com instituições do RS e do Brasil de destaque nacional. Estamos à disposição para melhorar o que temos na região e para abrir novos negócios, novas possibilidades”. Evaldo Kuiava, reitor da Universidade de Caxias do Sul

“Um termo muito utilizado no meio da inovação é o ‘mentoring’, e eu lembro de um mentor que está presente aqui nesse momento: o sr. Paulo Bellini (fundador da Marcopolo). Foi mentor de muita gente e era uma pessoa de uma simplicidade ímpar e grande visão comunitária. Nossa região é diferente por causa disso, e nossa instituição é diferente por causa disso: porque é comunitária. A UCS caminhou 53 anos com propósitos que foram praticados aqui por pessoas como seu Paulo Bellini. Tenho certeza que hoje damos o passo inicial para escrever um novo capítulo na história da nossa região”. José Quadros dos Santos, presidente da Fundação Universidade de Caxias do Sul 

 

FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...