Cooperativa Vinícola Garibaldi reafirma excelência de produtos com coleção de reconhecimentos

Coop. Vinícola Garibaldi - Crédito Augusto Tomasi

Coop. Vinícola Garibaldi – Crédito Augusto Tomasi

Em 2020, marca conquistou 67 distinções em concursos pelo mundo

Nos últimos anos, os produtos da Cooperativa Vinícola Garibaldi experimentaram uma forte tendência de internacionalização. A presença em concursos mundo afora veio coroada por um grande número de premiações – 67 somente neste ano –, alavancando a imagem da marca no Brasil e no mundo, com produtos de qualidade certificada internacionalmente.

Mas como uma vinícola de forte presença comunitária consegue obter tamanho alcance global? A resposta está no fazer bem feito. “Gostamos de empregar paixão em todas as partes do processo que envolve elaborar um rótulo. É o manejo no campo, o constante contato com o associado, o cuidado na colheita e nos métodos de vinificação”, aponta o presidente da cooperativa, Oscar Ló.

Crédito Cassius Fanti

Crédito Cassius Fanti

 Depois de ter sido pelos últimos dois anos seguidos a vinícola brasileira mais premiada, a marca gaúcha voltou a registrar em 2020 um desempenho performático em conceituados concursos mundiais. Foram distinções em países-ícones da produção vitivinícola – Itália e França – e também em nações que importam grande quantidade de vinho, caso da Inglaterra.

Na Itália, a vinícola estreou no exclusivo 5StarWines – The Book 2021, guia internacional organizado pela Vinitaly, a maior feira de vinhos do país. E com dois produtos, Garibaldi Prosecco Rosé Brut – o único do Brasil e o Espumante Garibaldi Moscatel. Na França, o feito foi com o Espumante Garibaldi Chardonnay, eleito o melhor do Brasil entre os participantes do concurso Citadelles du Vin, enquanto o Garibaldi Espumante Prosecco Rosé, o Garibaldi Espumante Moscatel e o Garibaldi Espumante VG Extra Brut saíram medalhados do Decanter World Wine Awards, na Inglaterra.

Crédito Cassius Fanti

Crédito Cassius Fanti

Outro destaque foi a medalha conquistada no mais antigo concurso de vinhos da Ásia, o Japan Wine Challenge, realizado em Tóquio, no Japão. O Espumante Moscatel Amaze, produção exclusiva para o mercado internacional, saiu do certame com medalha, a única de uma vinícola brasileira na prova.

Mas as quase 70 premiações alcançadas neste ano também tiveram a contribuição de conquistas obtidas no Brasil. Por aqui, por exemplo, o Riesling Granja União concedeu à casa o título de melhor vinho branco não aromático da Avaliação Nacional de Vinhos – Safra 2020. A vinícola também saiu do Brazil Wine Challenge com o maior número de espumantes premiados do certame – oito no total.

Com esse retrospecto obtido tanto nos certames internacionais quanto nos nacionais, a Cooperativa Vinícola Garibaldi reafirma as estatísticas como uma das vinícolas brasileiras mais premiadas no mundo – título do qual foi bicampeã em 2018 e em 2019. Mas reforça, principalmente, as peculiaridades de seus produtos, assinados pelo talento de quem está há quase 90 anos fazendo o que mais sabe: engarrafar qualidade em cada rótulo.

FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...