Universidade lança agência UCS iNOVA para potencializar soluções em inovação para o mercado e a sociedade

Equipe UCS iNOVA e gestão (da esq. p/ dir): Ativos Industriais e Transferência de Tecnologia, Matheus Parmegiani Jahn; coordenador do StartUCS, Fábio Verruck; coordenadora do TecnoUCS e Incubadora Tecnológica, Cassiane Chais; pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Juliano Rodrigues Gimenez; reitor Evaldo Kuiava; presidente da FUCS, José Quadros dos Santos; coordenadora de Inovação, Fernanda Pauletto D’Arrigo; coordenador de Pesquisa e Desenvolvimento, Roberto Birch Gonçalves; coordenador de Serviços Tecnológicos: Daniel Antônio Faccin; chefe de Gabinete, Gelson Rech.   Crédito: Victoria Ruzzarin/especial UCS

Equipe UCS iNOVA e gestão (da esq. p/ dir): Ativos Industriais e Transferência de Tecnologia, Matheus Parmegiani Jahn; coordenador do StartUCS, Fábio Verruck; coordenadora do TecnoUCS e Incubadora Tecnológica, Cassiane Chais; pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Juliano Rodrigues Gimenez; reitor Evaldo Kuiava; presidente da FUCS, José Quadros dos Santos; coordenadora de Inovação, Fernanda Pauletto D’Arrigo; coordenador de Pesquisa e Desenvolvimento, Roberto Birch Gonçalves; coordenador de Serviços Tecnológicos: Daniel Antônio Faccin; chefe de Gabinete, Gelson Rech.
Crédito: Victoria Ruzzarin/especial UCS

Nova estruturação e atuação das dimensões de pesquisa, desenvolvimento e inovação da Universidade visam agilizar a transformação do conhecimento em novos negócios, produtos, processos e serviços

Uma estrutura de articulação entre Universidade de Caxias do Sul, empresas, governo e comunidade para o desenvolvimento de pesquisas, projetos, serviços e negócios, fomentando o ecossistema regional para a inovação e o empreendedorismo. Este é o conceito da Agência de Inovação UCS iNOVA, lançada na tarde desta sexta, 18 de dezembro, através de live transmitida nas páginas da UCS no Facebook e no YouTube

Vinculada à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da UCS, a UCS iNOVA está organizada a partir de duas coordenadorias – a de Pesquisa e Desenvolvimento e a de Inovação. Estas irão orientar os macroprocessos de desenvolvimento de inovação – ideação, materialização, aceleração e negócios – integrando a atuação das instâncias de pesquisa, gestão de projetos, prestação de serviços tecnológicos, dos Programas de Pós-Graduação, dos institutos e das unidades de negócios da Universidade em quatro dimensões:

– IdeiaUCS, o Centro de Integração de Ideias Inovadoras, com foco na ideia;

– StartUCS, o Centro de Aceleração de Negócios Inovadores, com foco no negócio;

 

– TecnoUCS, o Parque de Ciência, Tecnologia e Inovação, com foco no negócio e na infraestrutura

 

– e o CatalisaUCS, o Centro de Prospecção de Recursos para Inovação, com foco no desenvolvimento tecnológico e na inovação.

 

(((Leia mais sobre a atuação decada dimensão da UCS iNOVA)))

 

Desse modo, a UCS iNOVA assume, de parte da Universidade, a articulação da interação entre os agentes do Ecossistema regional de Inovação (comunidade acadêmica, poder público, setor empresarial e sociedade) para potencializar a transformação do conhecimento produzido na UCS em produtos, processos, serviços e negócios inovadores, que se constituam em soluções de mercado e atendam demandas sociais, econômicas e ambientais.

 

“A UCS conta com um dos conjuntos de recursos mais completos do país para o desenvolvimento da ciência, pesquisa, tecnologia e inovação. Como parte da nossa vocação como instituição comunitária de Educação Superior, possuímos o desejo e a necessidade de transformar a inovação em vetor para o aprimoramento das interações com a sociedade e da sustentabilidade institucional”, apontou o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Juliano Gimenez, ao justificar a idealização da agência. “Transformar o conhecimento gerado nos ambientes acadêmicos em inovação é um grande desafio para universidades do mundo inteiro. Nossas equipes estarão trabalhando agora de forma sinérgica e integrada, buscando, na geração de valor a partir de seus resultados, trazer novas perspectivas tanto para a sociedade que demanda inovação, quanto para a Universidade”.

 

Propósitos da UCS iNOVA

Por meio dos ambientes, serviços tecnológicos e capital intelectual conectado à Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação na UCS:

– Desenvolver pesquisas de alta tecnologia que estabeleçam relações de valor nas entregas à sociedade.

– Produzir novas tecnologias relevantes para o desenvolvimento da região, do Estado e do país.

– Oferecer ambientes propícios para a inovação e para o empreendedorismo, capacitando pessoas e contribuindo para a prospecção de soluções para a sociedade, de novos negócios e de novas empresas.

– Oferecer ambientes e laboratórios para o aprimoramento da ciência e para a realização de pesquisas, com recursos humanos altamente capacitados e com equipamentos de ponta para o desenvolvimento de novos produtos, processos e sistemas.

– Posicionar a UCS como referência em soluções em Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação, agilizando e potencializando as interações e a geração de resultados e com a região, o país e o mundo.

Movimento contínuo e propositivo para o desenvolvimento social

Em seu pronunciamento, o reitor Evaldo Kuiava lembrou que o lançamento da UCS iNOVA faz parte de um movimento contínuo da Universidade, criada com o objetivo de auxiliar no desenvolvimento da região. “A UCS tem cumprido sua missão atualizada no seu tempo. A tarefa da Universidade é propor e gerar, por meio do novo conhecimento, novos negócios e novas soluções para a sociedade e para a humanidade como um todo”, definiu. Na primeira gestão de Kuiava na Reitoria que o Parque de Ciência, Tecnologia e Inovação (TecnoUCS), conceito que antecedeu a UCS iNOVA, foi lançado, em dezembro de 2015.

Em seguida, o reitor justificou a premissa desenvolvimentista da UCS fazendo a relação entre os quatro macroprocessos da inovação – ideação, materialização, aceleração e negócios – que serão operacionalizados nas instâncias da UCS iNOVA. “Tudo começa com novas ideias e proposições. Mas ideias por si só são vazias, é preciso ação. Por isso vem a seguir a materialização das ideias, a capacidade de transformá-las em algo significativo. A aceleração nos faz sermos ágeis, inovadores e ter, como resultados, novos negócios, produtos, perspectivas, para que se possa agregar valor àquilo que realizamos”, descreveu Kuiava. “Por isso é muito significativo o lançamento desse projeto. A Universidade, conectada com seu tempo, dando uma resposta propositiva para a sociedade. Colocando pessoas, recursos e conhecimento em um movimento contínuo para que avancemos em todas as dimensões”.

Benefício regional – O presidente da Fundação Universidade de Caxias do Sul, José Quadros dos Santos, por sua vez, destacou a capacidade da UCS de seguir o movimento mundial das academias como precursora da inovação. “A UCS demonstra mais uma vez sua capacidade de se adaptar. O que vivemos até agora foi planejamento, a construção da ideia e a implementação. Agora chega a fase de execução, para a qual desejo o mesmo afinco, dedicação e sucesso na elaboração dessa iniciativa, que vai beneficiar não só a Universidade, mas toda a comunidade da região”.

EQUIPE DE GESTÃO DA UCS iNOVA

 

Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação: Juliano Rodrigues Gimenez

Coordenadoria de Pesquisa e Desenvolvimento: Roberto Birch Gonçalves

Coordenadoria de Inovação: Fernanda Pauletto D’Arrigo

Programa StartUCS: Fábio Verruck

 

TecnoUCS e Incubadora Tecnológica (ITEC): Cassiane Chais

 

Coordenador de Serviços Tecnológicos: Daniel Antônio Faccin

 

Gestão dos Ativos Industriais e Transferência de Tecnologia: Matheus Parmegiani Jahn

 

Gerenciamento de Projetos: Romeu Bertuol

FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...