Projeto da Rococó Produções é contemplado entre mais de 1700 inscrições

Era uma vez - Foto Rodrigo Kão

Era uma vez – Foto Rodrigo Kão

 

 

 

O Projeto “Era Uma Vez Um RS Seguro com Arte” foi contemplado no edital Produções Culturais e Artísticas da SEDAC (RS) .

 

Projeto de Circulação do Multipremiado espetáculo teatral Era Uma Vez: Contos Lendas e Cantigas da Rococó Produções Artísticas e Culturais foi contemplado no edital Produções Culturais e Artísticas através da Lei Aldir Blanc pela SEDAC/RS para circulação estadual.

O projeto denominado “Era Uma Vez Um RS Seguro Com Arte” proposto pelo artista Guilherme Ferrêra, irá realizar apresentações teatrais, bate-papo com os espectadores, oficinas culturais, tradução em LIBRAS, Registro em vídeo e fotos e diversas outras ações em 18 municípios gaúchos nas comunidades que se encontram no Programa Transversal de Segurança pública e Defesa Social – RS SEGURO, pelo fato de identificar a carência e necessidade de transformação nessas comunidades que sofrem pela vulnerabilidade social, altos índices de criminalidade e baixos índices de escolaridade.

 “Estamos extremamente felizes com a aprovação do nosso projeto. Foram inúmeras inscrições vindas de todo o estado e somente 100 projetos selecionados no edital 09/2020 Produções Culturais e Artísticas da SEDAC (RS) Lei Aldir Blanc. Isso é fruto de muito trabalho, dedicação e entrega pela arte”. Relata o proponente, Guilherme Ferrêra

Era Uma Vez - Foto de Caio Proença

Era Uma Vez – Foto de Caio Proença

Entre as cidades que o projeto irá visitar estão: Alvorada, Cachoeirinha, Canoas, Capão da Canoa, Caxias do Sul, Esteio, Gravataí, Guaíba, Novo Hamburgo, Passo Fundo, Pelotas, Porto Alegre, Rio Grande, Santa Maria, São Leopoldo, Sapucaia do Sul, Tramandaí e Viamão.

Era Uma Vez: Contos, Lendas e Cantigas sucesso de público e crítica, já realizou mais de 400 apresentações, com estimativa de 90.000 espectadores, passando por todas as regiões do país, integrando a programação de importantes Mostras e Festivais de Teatro, recebendo 35 indicações e 23 prêmios ao longo desses 5 anos de trajetória. É um espetáculo com duração de cinqüenta minutos, dramaturgia inédita, que revisita as Lendas de Nossa Senhora Aparecida e do Negrinho do Pastoreio, abrindo espaços onde, de forma atraente e delicada, pode-se trabalhar a transversalidade dos elementos das Culturas Afrodescendente e Gaúcha, além de uma reflexão sobre o bullying e as diferenças, trabalho infantil e os aspectos que auxiliam na formação da identidade.

Sobre a Rococó – Criada em 2015 pelos artistas Guilherme Ferrêra e Henrique Gonçalves, a produtora Rococó Produções Artísticas e Culturais completou 5 anos de atividades em 2020, e vem se destacando pela concepção e produção de espetáculos que mesclam diferentes linguagens artísticas, estabelecendo uma importante pesquisa em dramaturgia e linguagem cênica para o público infanto-juvenil. As montagens do grupo têm como marca fundamental a fusão de diferentes artes como princípio narrativo, promovendo nos palcos o encontro do teatro com a dança, a música e a contação de histórias. Além de Guilherme e Henrique, que assinam a direção artística e produção geral da Rococó, o grupo conta com a presença do artista Roger Santos e inúmeros outros colaboradores em seus projetos.

LISTA DOS PROJETOS CONTEMPLADOS PODE SER ACESSADO AQUI.

 

http://www.procultura.rs.gov.br/upl4086/1606996602edital_09_homologacao_resultado_definitivo.pdf

 

FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...