Curso de Medicina Veterinária castra 42 animais em ação gratuita em Garibaldi

3.Crédito Jean Teixeira_Imprensa Prefeitura Garibaldi

Equipe de acadêmicos e professores da UCS realizou procedimentos clínicos e cirúrgicos em cães e gatos na Unidade Móvel da graduação

O curso de Medicina Veterinária da Universidade de Caxias do Sul realizou uma ação de aproximação com as práticas profissionais da área e as demandas da comunidade de Garibaldi no último sábado, 5 de maio. A primeira visita da Unidade Móvel do curso ao município integrou uma ação de controle populacional de animais domésticos promovida pela Prefeitura Municipal de Garibaldi, que incluiu a Sociedade Protetora dos Animais de Garibaldi Bicho Feliz.

A equipe, formada por 25 acadêmicos e monitores da disciplina de Clínica Cirúrgica de Pequenos Animais e seu professor, Gustavo Brambatti, que coordenou a ação, pelo coordenador da graduação, Leandro do Monte Ribas, e a médica veterinária da UCS, Bárbara Gomes, realizou procedimentos de castração, pré-agendados pela Prefeitura, a 32 cães e 10 gatos machos de tutores de famílias de baixa renda. As atividades ocorreram das 8h às 19h, na Unidade Móvel do curso de Medicina Veterinária da UCS, junto à Unidade Básica de Saúde do Loteamento Fenachamp.

Laboratório de ensino e prestação de serviços

A Unidade Móvel do curso conta com ambiente pré-cirúrgico, ambulatório clínico e duas salas cirúrgicas climatizadas, equipadas com aparelhos como de anestesia inalatória e autoclave. A estrutura proporciona aos estudantes experiências de ensino além da sala de aula na prestação de serviços a comunidades da Serra gaúcha ligados à saúde animal, campanhas educativas e em projetos de extensão acadêmica. A sistemática adotada na ação de Garibaldi permitiu que os alunos se revezassem em grupos dedicados à recepção dos animais e exame clínico, à preparação pré-cirúrgica, realização das cirurgias e aos cuidados pós-operatórios, sempre acompanhados pelos profissionais.

“De forma modelo, a ação de extensão universitária envolve a comunidade, a partir de suas demandas de serviço, concede aos professores ambientes de ensino diferenciados para a disciplina e permite aos alunos atuarem em situações reais, como laboratórios de aprendizagem da vida veterinária”, explica Ribas. O coordenador acrescenta que a atividade integra um plano de metas extensionistas do curso, que considera atividades de extensão, prestação de serviços e ensino, valorizando, também, a pesquisa.

Agendas pela Serra gaúcha

Em 2017, o curso já realizou duas ações semelhantes de castração de pequenos animais no município de Canela e uma em Caxias do Sul. Somadas aos resultados deste sábado, em Garibaldi, já foram castrados cerca de 140 animais a partir da iniciativa.

Para o mês de junho, a graduação já programa novas ações de castração em Garibaldi e em Canela, e mantém contato com outras prefeituras da região para viabilizar o auxílio ao atendimento das demandas de castração, projetando a ampliação da oferta a partir do próximo semestre.

Crédito Jean Teixeira / Imprensa Prefeitura Garibaldi

FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...