Poesia

278462__open-book_p

 

Aquele sentimento de amor…

 

Ouvi uma canção que falava assim,

Você perdeu o sentimento de amor

Não sinto mais teus dedos tocarem

Os meus dedos como antigamente

Talvez com receito de que eu mesmo

Tenha igualmente perdido o jeito,

Deixei me levar pelas inúmeras

Vezes em que precisamos um do

Outro, não estávamos lá…

 

Buscar forças para entender o quê,

De que maneira se faz um amor,

Como se conquista um coração que

Muitas vezes não dá um sinal, não

Deixa um rastro pra gente seguir…

 

Segredos não explícitos, medos guardados

A sete chaves para se proteger de um novo

Erro ou até mesmo, um coração sem jeito

De pedir um amor que o faça bater mais forte…

 

Sinta o meu coração novamente, seja suave

Me deixe te mostrar que também sofro.

Não suplique amor de um outro coração,

Não seja piegas para pedir uma música,

Não aceite trilha sonora diferente se

Não for as batidas deste tão seu, tão

Afeito para se deixar levar pelo toque,

Pelo simples jeito de amar que só nós

Sabemos o quanto lutamos para ter…

 

Não perdi aquele sentimento de amor,

Não deixei de ser um cara apaixonado

Que gosta de fazer as maiores loucuras

Só para defender um ponto de vista.

Acho que a minha melhor escrita eu

Ainda não escrevi, não deixei de ser

Bom com as palavras, me curvo diante

Dos meus dilemas e reitero a minha

Necessidade de continuar escrevendo…

 

Palavras ao vento têm poder de ir,

Serem conduzidas, especialmente ao

Coração quem a gente mais precisa,

Escolherei e jogarei por aí esperançoso,

Uma dessas tantas que venho procurando

Certamente deve ser aquela que te fará ver

O quanto um sentimento pode ficar inerte

Até outro sentimento despertá-lo…

 

By Laudir Dutra

 

horiz meia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...