Vencedores do 52º Concurso Anual Literário recebem premiações

DSC_0323
Familiares e amigos dos oito vencedores do 52º Concurso Anual Literário de Caxias do Sul se reuniram no café da Casa da Cultura para acompanhar a solenidade de premiação na noite da última quarta-feira (13/06). A cerimônia contou com a apresentação do grupo Vocal Ampliato. O escritor Paulo Ribeiro recebeu o título de melhor obra literária – Prêmio Vivita Cartier – por “O Transgressor”. Outros sete autores também foram premiados nas categorias de contos, crônicas e poesias.
Segundo o secretário da Cultura, Joelmir da Silva Neto, o concurso literário é um estímulo para que novos escritores se destaquem na cidade e propaguem o gosto pela leitura e escrita. “A Literatura é uma ferramenta de transformação. Então, só temos a agradecer tanto a quem se inscreveu no concurso quanto a quem trabalha nos bastidores para dar continuidade a esse prêmio, que tem o objetivo de reconhecer profissionais da escrita e instigar novos talentos”, comentou.
No total, 17 trabalhos foram inscritos para concorrer nesta edição como melhor obra e outros 62 nas categorias de textos inéditos. Os primeiros lugares de cada categoria ganharam um troféu e certificado. Os segundos e terceiros colocados receberam medalha e certificado. Já o vencedor do Prêmio Vivita Cartier recebeu troféu, certificado e uma quantia de R$ 7.723,20 em dinheiro.
O escritor Paulo Ribeiro falou em nome dos vencedores na cerimônia de premiação. “Esse livro (O Transgressor) é a história da minha vida. Tive muitas dúvidas antes de publicá-lo, mas é também Literatura, e isso fala mais alto. Concursos literários são fundamentais para incentivar escritores a continuar mostrando seu trabalho, já que essa é uma oportunidade que, mais do que lucros, visa o compartilhamento, pois é feita por amor à escrita”, pontuou.
Logo após a entrega das premiações, Paulo e a patrona da 34ª Feira do Livro de Caxias do Sul, Rejane Romani Rech, participaram de um colóquio sobre a arte da escrita, mediado pelo bibliotecário Cássio Immig.
Os textos premiados nesta 52ª edição do concurso serão reunidos em uma publicação a ser lançada em outubro, durante a Feira do Livro.

Vencedores

Prêmio Vivita Cartier

Paulo Ribeiro – “O Transgressor”

Contos

1º lugar – Ronaldo Velho Bueno – “A Máquina”, “Onofre” e “Identidade”

2º lugar – Gean Carlos de Oliveira – “Uma Noite no Cemitério”, “Dias Difíceis” e “A Árvore”

3º lugar – Lara Guedes Kliger da Silva – “Silêncio na Linha de Produção”, “Eugênio” e “Esteira de Alienação”

Crônica

1º lugar – Daiane Ramos Borges – “Vermelho Rebu”, “Sete Sete, Com Mais Sete, Vinte e Um” e “Não Aprendi Dizer Adeus”

2º lugar – Lara Guedes Kliger da Silva – “Oi, Quanto Tempo, Eu Sou (Mais Que) O Meu Emprego”, “Crônica de Merda” e “Convenções Sociais”

3º lugar – Denise Werner de Oliveira – “Sem Paz”, “Inusitada Vindima” e “Quanto Não Te Amo”

Poesia

1º lugar – Nilcéia Pereira Kremer – “Fantasma Bonito”, “Rito” e “Desenho em Verde”

2º lugar – Ricardo de Marco Pereira – “Esplêndido Pedaço de Sol que Ninguém Vê”, “Luz de Farol” e “Saudade de Herói”

3º lugar – sem classificação

Foto Róger Ruffato

horiz meia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...