Empresa Festa da Uva S.A. inicia reforma do Memorial Atelier Zambelli no Parque de Eventos

DSC_9139
A reforma do Memorial Atelier Zambelli, localizado no subsolo do Monumento Jesus Terceiro Milênio, iniciou nesta semana. As equipes da empresa contratada para as obras iniciaram os trabalhos fazendo um levantamento dos materiais e tomando a precaução necessária para cobrir todo o acervo do espaço.
Na reforma, serão consertados os problemas de infiltração do atelier com a troca da laje, que corresponde ao piso do monumento localizado no Parque de Eventos da Festa da Uva. Além da retirada do piso antigo e instalação de um novo, a laje do atelier ganhará uma camada impermeabilizante para evitar mofo e infiltrações. O projeto de reforma foi realizado pela empresa contratada e inclui também a pintura interna do espaço. As peças do museu serão mantidas no local durante as obras, já que são frágeis e correm o risco de avarias caso fossem transportadas para outro espaço. Para preservá-las, a equipe de Manutenção da Secretaria Municipal da Cultura (SMC) montou estruturas de proteção para o acervo.
O investimento da Festa da Uva Turismo e Empreendimentos S.A. foi de R$ 93.350,86. Como o valor é abaixo de R$ 100 mil, a contratação da empresa pôde ser realizada com dispensa de licitação. A obra deve ser concluída pela empresa até o final do ano e a expectativa é abrir o espaço para a comunidade na Festa Nacional da Uva de 2019, que começa no dia 22 de fevereiro.Atelier Zambelli
O Memorial Atelier Zambelli é um acervo de imagens sacras localizado no espaço interno do Monumento Jesus Terceiro Milênio. O acervo é composto por mil peças. O espaço tem atribuições compartilhadas entre a Festa Nacional da Uva e a Secretaria da Cultura, pelo Departamento de Memória e Patrimônio Cultural.
O nome Zambelli surge pelos imigrantes que, diferente dos agricultores, traziam conhecimentos adquiridos na Academia de Belas Artes de Milão, Itália. Os filhos de Tarquínio Zambelli (1857-1935), escultor que ganhou notoriedade em Caxias do Sul, montaram uma produção de imagens sacras e de ornamentos a partir de 1914. As obras se tornaram referência no Rio Grande do Sul.

Foto Ingrid Fochezatto

FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...