Poesia: Qual a minha idade…

ID:45021052

ID:45021052

By Laudir Dutra

 

 

Contemplo meus atos,

Me conecto com o mundo,

Minhas órbitas giram em torno

Das expectativas que criei e dos

Caminhos que busquei…

 

Escrevendo agora me sinto jovem,

Alguém que descobre possibilidades,

Que se encanta, mesmo que o

Desencanto tenha a firmeza e

A coragem de ser aquilo que

Quero, apesar do meu querer

Ser tão vasto e apressado…

 

Já tive outras idades, outros momentos,

Alguns deles me condenaram por minha

Intrepidez exacerbada de um louco

Pela vida, desprovido de qualquer

Sensatez que pudesse me dar a

Robustez de um rosto corado

Pelo afago da inquietude…

 

Já passou da hora de renascer,

Deixei para traz alguns exemplos,

Fixei na minha lista de prioridades

As questões que dizem que

Não há tempo para viver

Tudo o que a vida pede…

 

 

FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...