Jennifer Pontes, uma beleza que ascendeu

IMG_5650-848x478
Já se passaram três anos desde que o Jornal Ponto Inicial fez esta reportagem e certamente houveram mudanças significativas na vida de muita gente, especialmente na de Jennifer Pontes e também deste periódico.
Mas pouca importância tem, são detalhes e a vida seguiu, como diz, a fila do sucesso andou e tivemos o privilégio de poder acompanhar o de tantas meninas que desfilaram suas belezas por aqui.
Hoje vamos trazer à baila a entrevista com uma das tantas Belas da Quinzena, quadro consagrado e que até hoje rende bons dividendos.
Eis então a nossa Bela da Quinzena, JENNIFER PONTES.
Natural de Caxias do Sul, 21 anos, 1,65, calçado 36, busto 91, quadril 103 e manequim 40, olhos e cabelos castanhos escuros e regida sob o signo de Câncer. Ela fala com orgulho, pois em março de 2016 iniciou o curso de Direito na FSG e tem planos bem grandiosos. “Meu sonho é ser uma delegada, estar na Polícia Civil é ficar mais perto dos meus objetivos. Gosto das coisas certas, procuro ser correta. Não quero e não posso julgar ninguém, mas quero ter a oportunidade de colocar em prática as minhas idéias, tudo aquilo que considero ser o certo fazer. Mas isso só virá com muita dedicação, perseverança e foco. Tenho estrada para seguir na busca dos meus ideais”.

– Uma rotina feita de muita correria.

“Não gosto de rotina, odeio planejar e não sigo aquilo que os outros determinam. A minha vida eu comando do meu jeito, fazendo aquilo que entendo ser o correto e o melhor caminho. Sem pressão ou imposição”.

– A cidade de Caxias do Sul.

“Não me vejo fora daqui, sou muito apegada às minhas raízes. Sinto que houve uma grande evolução nos últimos tempos. Acredito que muitos avanços ainda irão ocorrer, no aspecto cultural e das pessoas.
Carecemos de mais investimentos na educação, hoje a rede de ensino municipal, por exemplo, deixa um pouco a desejar. Não atribuo isso apenas aos professores e gestores, mas também aos pais, negligentes em alguns aspectos. Algumas escolhas erradas, alguns limites extrapolados. O ideal seria um meio termo entre aquilo que seja atribuição deles enquanto pais e das instituições de ensino enquanto educadores”.

– Os jovens e as mazelas do mundo.

“Sou muito tranquila quanto a isso. Sempre tive a família do meu lado. Ela me deu o suporte necessário para discernir o certo do errado. Em todas as minhas escolhas sempre vai haver o dedo do pai e da mãe pela educação que me deram.
A liberdade é algo bom até o ponto que você não prejudica os outros. Não faz mal pensar no próximo. Acredito que poderíamos correr mais atrás dos nossos direitos, se manifestar de forma ordeira e pacífica. Fica confortável para os políticos jogarem as coisas para que os jovens digam aquilo que eles possam utilizar no futuro”.

– O trabalho na Câmara de vereadores.

“De certa forma, tudo acaba influenciando nas decisões da vida da gente para uma carreira futura. No início fiquei um pouco perdida, mas a cada dia que passa, sinto que está valendo muito a pena. Todas as pessoas que trabalharam comigo me deram o suporte para que eu pudesse aprender cada vez mais. Me ensinaram que a gente não pode desistir na primeira dificuldade e que no futuro, alguma coisa ou quase tudo pode ser aproveitado”.

– O carnaval surgiu por influência.

“Aos quatro anos de idade a minha mãe me colocou para praticar a dança do ventre. Em 2010 fui indicada para a Escola Mancha Verde como passista mirim. Fui candidata à Rainha da escola. Em novembro de 2014 fui eleita a Princesa do Carnaval de Caxias do Sul. Este mês entrego a faixa e volto como madrinha de bateria da Mancha”.

– A vida é um aprendizado eterno.

“Ao me considero experiente, mas acredito que a gente não pode desistir no primeiro obstáculo. Ninguém correrá atrás dos nossos objetivos por nós.”

ELA X ELA

GOSTO de cantar (escondida), dançar (principalmente samba pela paixão que tenho pelo carnaval, de mar, de campo e ficar perto das pessoas que amo.
NÃO GOSTO de injustiça, traições, mentira, contradições e falsidade.
Um perfume: Fantasy.
Time do coração: Juventude.
Hobby: Sambar.
Comida: Macarrão com molho de frango.
Lugar: Qualquer um, desde que seja com a pessoa que a gente gosta. À beira da praia é o meu lugar preferido.
Uma música: Meu lugar do Arlindo Cruz.
Ídolo: Meu falecido avô Antônio.
Filme: Para sempre ao seu lado.

UMA FRASE

 

“A vida é um constante recomeço, jamais se dê por derrotado. As pedras que atrapalham sua caminhada amanhã, enfeitarão a sua estrada”.

Foto by Laudir Dutra
FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...