Centro de Memória do Legislativo caxiense recebe 500 consultas por dia

2019-01-10 - Eduardo Centro de Memória - Karine Zanardi (7)

O Legislativo caxiense possui um conjunto de textos, fotografias e registros parlamentares que é disponibilizado à comunidade por meio do Centro de Memória. O patrimônio reúne mais de 1 milhão de páginas de documentos históricos digitalizados, que integram os acervos do Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami e do Arquivo Histórico da Câmara Municipal de Caxias do Sul. Todo esse material pode ser acessado via Internet, por meio do portal memoria.camaracaxias.rs.gov.br.

O acervo é dividido em quatro partes básicas: Arquivo Histórico, Casa de Leitura, Convênios Municipais e TV Câmara. Na primeira, que abrange a maior parte dos conteúdos, pode ser encontrada uma série de imagens e documentos que retratam o trabalho dos vereadores: atas e anais das sessões, leis, regimentos internos, relatórios e dossiês. Entre os arquivos, curiosidades como o primeiro Código de Posturas, datado de março de 1983, quando o município era denominado Santa Thereza de Caxias.

Na mesma seção, cerca de 75 títulos de jornais municipais e estaduais estão disponíveis para pesquisa. São mais de 534 mil páginas de periódicos que marcaram o desenvolvimento dos meios de comunicação da cidade. As cópias digitais seguem com fidelidade as versões impressas e originais em papel, com mesmo número de páginas e edições.  A consulta via web é uma forma de facilitar o acesso da comunidade à informação e de preservar as publicações.

Já na Casa de Leitura do Legislativo é possível consultar um acervo de 1160 publicações, entre livros, revistas, encartes e manuais. O destaque é para um setor especial que possui uma centena de livros de autores locais. O montante também possui obras em braile.

Na aba seguinte, a população pode acessar uma lista de convênios municipais, emitidos entre 2009 e 2018, pelo poder Executivo. Por fim, no link da TV Câmara, estão disponíveis, em formato de vídeo, todos os programas, sessões e homenagens gravados desde 2014.

Conforme o coordenador do Centro de Memória, o documentalista e historiador Eduardo Reis, o portal online recebe, em média, 500 consultas por dia. “São inúmeros arquivos que marcam a história de Caxias. Temos as primeiras documentações oficiais registradas no município e alguns títulos já foram cedidos para veiculação no site da Biblioteca Nacional”, destaca.

Entre os objetivos da plataforma: permitir à população um fácil acesso dos documentos e produções legislativas e de dados sobre a cidade; e levar tais informações a diversos públicos. O site é responsivo para aparelhos móveis e conta, ainda, com conteúdo autodescritivo e emissão de sinais sonoros que servem como auxílio a deficientes visuais. “A página passou por um processo de atualização entre 2013 e 2014 para cumprir com os parâmetros de acessibilidade. E estamos sempre adaptando às novas necessidades que surgem”, completa Eduardo.

Além da plataforma online, disponível 24 horas, em todos os dias da semana, o Centro de Memória está aberto à visitação pública e gratuita, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, junto ao prédio do Legislativo caxiense. Mais informações podem ser obtidas pelo (54) 3066-3991.

 

Foto Karine Zanardi

FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...