Daniel Guerra: “A Festa da Uva é de Caxias do Sul, quando dá certo, é a cidade que ganha, quando dá errado, toda a cidade é responsável

Prefeito avaliou coo positivo o ano de 2018 - Foto Laudir Dutra

Prefeito avaliou coo positivo o ano de 2018 – Foto Laudir Dutra

O mandatário falou em coletiva de imprensa que a Festa da Uva S.A não é a organizadora do evento Festa da Uva e sim a Comissão Comunitária, por isso atribuiu qualquer resultado à Comissão Comunitária que tem na presidência, a psicóloga Sandra Randon.

A reafirmação foi feita durante um encontro com a imprensa onde o prefeito Daniel Guerra pontuou as iniciativas de cada pasta e autarquia em 2018 e pela primeira vez permitiu que todos os secretários fossem apresentados, dando-lhes a palavra.

“Nossa administração fez escolhas, ao invés de colocar recursos públicos na Festa da Uva, preferimos aplicar esses na compra de medicamentos para a saúde das pessoas. Diferente das outras administrações que nos antecederam que só pensavam em realizar festas e viajar, nós optamos por cuidar das pessoas e cuidar da gestão das nossas finanças”, pontuou.

Sobre o aporte financeiro solicitado e aprovado pela Câmara Municipal de Caxias do Sul no valor de R$ 1,5 milhões, Daniel foi enfático ao afirmar que o valor solicitado foi para fazer reparos e ajustes nas estruturas dos pavilhões que recebe todos os anos uma quantidade de eventos e que entre eles está a realização da Festa da Uva.

“Não fizemos a solicitação da verba especificamente para ser aplicada na Festa da Uva e sim nos pavilhões da Festa da Uva, afinal, os pavilhões abrigam vários eventos todos os anos e esses precisam também de estruturas adequadas para que façam boas realizações”.

Sobre a Festa da Uva 2019, preferiu apenas frisar que no sucesso ou no fracasso, todos são responsáveis, realizadores e comunidade, afinal, a festa é da cidade. “A Festa da Uva é de Caxias do Sul, então, se dá certo, todos ganham, se dá errado, a culpa ou a responsabilidade é de todos, pois ela não é da presidente que organiza, do prefeito ou da Festa da Uva S.A, é da cidade”, finalizou.

Daniel Guerra ainda se manifestou sobre a realização da Festa da Uva em 2020. “A realização ou não da edição no próximo ano está em estudos, vamos avaliar bem as coisas, os prós, os contras, consultar os possíveis parceiros, apoiadores e patrocinadores e as vantagens e desvantagens. Como falei sempre desde o início do nosso governo, a Festa da Uva, assim como todos os outros eventos populares, precisam ser auto-sustentáveis, não vamos tirar o dinheiro do caixa que não é nosso e sim do povo para aplicar em iniciativas festivas, temos uma responsabilidade e precisamos pensar sempre naquilo que é melhor para a cidade e por conseguinte, os munícipes. Graças a Deus que eventos de porte e que são populares como o Carnaval, a Semana Farroupilha e a Festa da Uva têm essa autonomia para realizar sozinhos sem o dinheiro público, provaram que são auto-sustentáveis”.

FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...