Rótula do Bairro Santa Fé: Obras adiantadas, mas a população vai esperar pelo menos mais três meses pelo fim dos transtornos

20190316_103450000000

Esta foi a palavra oficial do prefeito Daniel Guerra e do Secretário Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade sobre a conclusão das obras e por consequência, a entrega à população especialmente da zona norte de Caxias do Sul.

Segundo o secretário Cristiano de Abreu Soares, o projeto inicial teve que ser refeito em função dos erros de concepção, atrasando assim o início das obras em abril, quando da assinatura da ordem de início pelo prefeito Daniel Guerra. Com isso, juntando ainda as ‘surpresas’ encontradas no solo, palavras do chefe do Executivo, a previsão do término anunciado que seria em abril, ficará para o final do semestre, atrasando assim em pelo menos três meses, salvo ainda se o tempo não atrapalhar.

Daniel não vê isso como um problema, pois segundo ele, “as administrações passadas só prometeram e não fizeram e nós estamos fazendo e devemos entregar para a população concluído, sem nenhuma falha”.

Desde que a obra foi iniciada em meados de maio de 2018, é visível o avanço das obras que estão bem adiantadas, a pior parte já foi concluído, restando nessa fase, as calçadas com piso tátil para deficientes visuais e o capeamento asfáltico nas cabeceiras da pista e nas entradas e saídas da Codeca.

Apesar dos constantes acidentes verificados recentemente pelo pouco espaço na pista, que só possui mão única em algum trecho, a fotografia já está bastante modificada, se compararmos com a imagem abaixo.

A RSC 470 em duas pistas e com trânsito violento em frente à Codeca não permitia o cruzamento dos veículos que desejassem entrar no bairro - Foto Laudir Dutra

A RSC 470 em duas pistas e com trânsito violento em frente à Codeca não permitia o cruzamento dos veículos que desejassem entrar no bairro – Foto Laudir Dutra

Lembrando que essa é uma obra há muito tempo esperada, reivindicada pelos moradores da Zona Norte, bairros Santa Fé, Canyon, Vila Ipê, Belo Horizonte, entre outros, junto a governos anteriores e que só agora, depois de muita espera, a rótula sai do papel. Ela custará aos cofres públicos, R$ 3,3 milhões.

Foto Laudir Dutra

FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...