Boogarins lançou no dia 11/4, o single e o clipe de “Invenção”, faixa inédita do novo álbum da banda, “Sombrou Dúvida”, que será lançado em maio.

image003

 

Assista agora ao clipe: https://youtu.be/FublpTRgXaw

 

Em fevereiro, o quarteto goiano revelou o primeiro single do projeto, “Sombra ou Dúvida”, que ganhou também um lyric video. Confira aqui, junto da pré-venda do álbum: https://lab344.lnk.to/BoogarinsSombrouDuvida

 

 

2019 promete muito! Uma das bandas mais influentes do cenário brasileiro, a Boogarinslança nesta quinta-feira (11/4), em todas as plataformas digitais, o single “Invenção”, faixa inédita do álbum “Sombrou Dúvida”, que será lançado no dia 10 de maio, com distribuição dos selos LAB 344 e OAR. Entre turnês na América do Norte e Europa, a banda goiana gravou seu quarto álbum em 2017, no estúdio Space Atx, em Austin, Texas (EUA).

No mesmo dia, o grupo disponibiliza o clipe de “Invenção”, que contou com a direção deGabriel Rolim, iluminação de Hugo Aboud e roteiro de Raphael Vaz (baixista do Boogarins).Assista aqui: https://youtu.be/FublpTRgXaw. No vídeo, os Boogarins aparecem em meio a um experimento. Vestidos de cirurgiões, os quatro interagem com a música em cenas onde sentem e preparam a chegada do novo, em uma metáfora ao processo criativo que desencadeia uma canção vinda do quarteto.

Com uma sonoridade diferente das primeiras faixas disponibilizadas do disco, “Invenção” tem seu beat sampleado da faixa “LVCO 4”, ruídos e voz feitos de gravações de celular, remetendo a sonoridade do último trabalho dos goianos, “Lá Vem a Morte”. Para quem acompanha a cena musical de Goiânia, vai reconhecer a melodia do refrão, que foi usada pela banda Carne Doce na faixa-título do segundo álbum deles, “Princesa”.

“A faixa tem uma conexão sensorial entre letra, sons e produção. As palavras na canção permeiam a ideia de desenvolver um novo tipo de sentido, como uma nova maneira de ver, ouvir, sentir, saborear, ou mesmo mesclar os sentidos que já existem para descobrir novos significados nas coisas e sentimentos que cercam nossas vidas”, explica Dinho Almeida, vocalista do Boogarins. “Na procura de passar isso, tentamos gravar essa música recriando sons, como usar o ruído da máquina de lavar roupa para dar mais balanço à bateria (que também foi sampleada de uma outra música nossa), um violão de nylon com som alterado virou o baixo e outros elementos sonoros que seguem esta ideia de reinvenção ou desconstrução.”, finaliza.

“Invenção” é a segunda faixa apresentada do novo álbum, que conta com 10 faixas inéditas. Em fevereiro os músicos lançaram o primeiro single“Sombra ou Dúvida”, junto de um lyric video. Confira aqui: https://lab344.lnk.to/BoogarinsSombrouDuvida. O Boogarins já apresentou seu indie rock psicodélico nos principais festivais de música do Brasil e do mundo e seu segundo álbum, “Manual, ou Guia Livre de Dissolução dos Sonhos” (2015), foi indicado ao prêmio de Melhor Álbum de Rock em Língua Portuguesa, no Grammy Latino. Para saber mais, acesse: http://www.boogarins.com/.

SOBRE A BANDA

 

Boogarins é uma banda de rock psicodélico formada na cidade de Goiânia, por Benke Ferraz e Dinho Almeida, dois amigos de infância. Em 2013, lançaram seu primeiro EP, “As Plantas Que Curam”, gravado em casa, de forma independente. O material chamou a atenção da gravadora americana Other Music, que assinou com a banda para o lançamento de seu primeiro álbum, também intitulado “As Plantas Que Curam”. Nessa época, uniram-se ao duo os músicos Raphael Vaz (baixo) e Hans Castro (bateria). Com elogios da crítica no exterior (9º melhor álbum de 2013, segundo o Chicago Tribune) e uma audiência internacional crescente, em 2014, a banda começou a fazer turnês no exterior, com shows pela Europa, Estados Unidos e na América Latina, passando por festivais como o South by Southwest, no Texas, e o Primavera Sound, em Barcelona. Depois dessa longa turnê, a banda gravou seu segundo disco, “Manual, ou Guia Livre de Dissolução dos Sonhos” (2015), gravado na Espanha. Em 2016, o álbum foi indicado ao Grammy Latino de Melhor Álbum de Rock em Língua Portuguesa.

O celebrado baterista Ynaiã Benthroldo (Macaco Bong), então, assume as funções ao vivo e a banda passa uma temporada em uma casa no Texas, próxima ao Austin’s Space Recording Studio, gravando material novo entre residências em clubes de Austin, turnês nas costas leste e oeste dos EUA, além de uma turnê na Península Ibérica. Dentre as performances notáveis dessa época, estão o Rock in Rio Lisboa, Lollapalooza, em São Paulo, Festival LEVITATION, de Vancouver, e as transmissões ao vivo nas rádios KUTX, KEXP e NPR’s World Cafe.

Em 2017, a banda lançou um álbum ao vivo, chamado “Desvio Onírico – Live” (2016). Com quatro faixas de cerca de dez minutos cada, o álbum é composto de jams gravadas durante as turnês pelos EUA e Europa. Em junho do mesmo ano, a banda compartilhou seu novo álbum de estúdio, “Lá Vem a Morte” (2017), sem aviso prévio, no YouTube. O álbum foi eleito o 9º melhor disco brasileiro de 2017, pela revista Rolling Stone Brasil, e levou a banda a tocar no palco Sunset, do Rock In Rio, ao lado da cantora Céu. Em janeiro de 2018, a banda lançou o vinil de “Lá Vem a Morte”, além de anunciar mais uma turnê internacional, com presença confirmada no Coachella Valley Music and Arts Festival.

FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...