Caxias do Sul é o maior produtor de caqui do Estado

DSC_0991

Os agricultores de Caxias do Sul já estão colhendo caqui. Conforme a Emater, o município é o maior produtor da fruta com uma média de 16 mil toneladas anuais. Entretanto, a estimativa da Secretaria Municipal da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Smapa) aponta um crescimento de 25%, representando uma colheita de 20 mil toneladas em 2019.

As variedades colhidas em Caxias do Sul são a kyoto, conhecida como chocolate preto, e a fuyu, popularmente chamada de chocolate branco. “Os agricultores colhem as duas variedades ao mesmo tempo. Muitas vezes eles começam a colher um pouco depois para estender a safra. Nos distritos mais quentes, a colheita começa antes”, esclareceu José Taiarol, engenheiro agrônomo da Smapa.

O caquizeiro é uma planta duradoura. Apresenta desenvolvimento inicial lento, com longevidade de dezenas de anos. desenvolvimento da plantação acontece nos mais variados tipos de solos, desde que sejam dotados de boa capacidade de retenção de umidade. Das frutas produzidas em Caxiasa kyoto é mais resistente e alaranjada, com uma polpa escura e mais firme. Já o caqui fuyu é macio, tem sabor, cor laranja e não possui sementes.

José Alves da Silva, 57 anos, morador de Tunas Altas, em Vila Oliva, produz maçã, pêssego, ameixa e pera, além de 220 toneladas de caqui. “A qualidade está melhor do que a safra do ano passado, porque o clima também ajudou. A região é propícia para plantar caqui, por isso somos o maior produtor”, argumentou. A safra ocorre de março a meados de maio. De acordo com a cotação da Ceasa Serra, o preço médio da fruta é de R$ 3,00 o quilo.

Foto Ruan Alves

FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...