Benefícios da maçã e dicas para um envelhecimento saudável são apresentados na X Femaçã

Dr. Emilio Moriguchi palestrou para uma plateia lotada. Créditos: Ivane Costella Bissani, divulgação

Dr. Emilio Moriguchi palestrou para uma maciça plateia. – Créditos: Ivane Costella Bissani, divulgação

Palestra com o médico geriatra Emilio Moriguchi resgatou as pesquisas realizadas com idosos desde a década de 1990 e que deram a Veranópolis o título de Capital Brasileira da Longevidade

Ter amigos, motivação para acordar todos os dias com algum objetivo e o cuidado com uma alimentação saudável. O que parece uma fórmula simples, mas que não é seguida por boa parte da população das grandes cidades, é a receita da pequena Veranópolis, na Serra Gaúcha. O município, que tem cerca de 25 mil habitantes e que ficou mundialmente conhecido como a Capital Brasileira da Longevidade, está realizando a X Femaçã – Festa Nacional da Maçã e Feira Agroindustrial, que iniciou no último final de semana e encerra neste domingo (21). Veranópolis sedia o evento desde a década de 1960 e detém o título de Berço Nacional da Maçã.

E foi justamente os benefícios do consumo regular da fruta, aliado a hábitos de vida saudáveis, o tema da palestra do médico geriatra Emilio Moriguchi, na tarde desta quinta-feira (18), no Palco Bin (Espaço Gastronômico Italiano). Referência no assunto, o pesquisador japonês realiza estudos sobre longevidade em Veranópolis desde a década de 1990. Moriguchi é chefe de medicina interna e geriatria do Hospital de Clínicas de Porto Alegre e coordenador-geral do Projeto Veranópolis: Estudos em Envelhecimento, Longevidade e Qualidade de Vida.

O médico explicou que alguns componentes da maçã, como a pectina e o resveratrol são extremamente benéficos para a saúde.

“Está comprovado cientificamente que comer uma maçã por dia é uma boa maneira de potencializar os ganhos à saúde. A pectina, por exemplo, ajuda a diminuir o colesterol, faz com que a gordura não seja absorvida pelo intestino. Já o resveratrol, presente na maçã, tem os mesmos benefícios do vinho ou do suco de uva, ajudando a prevenir doenças degenerativas como o Alzheimer e aumentando o fluxo sanguíneo. Importante salientar que ela deve ser consumida com casca, bem lavada e, se possível, usar bicarbonato de sódio para retirar eventuais resíduos de agrotóxicos”, aconselhou.

Moriguchi relembrou alguns dos resultados da pesquisa que encabeçou na década de 1990 com idosos do município e que foi pulicada em revistas científicas do mundo inteiro. O médico afirmou que os estudos atestaram alguns elementos que contribuem para o envelhecimento saudável, como a boa alimentação, o convívio social e familiar, exercícios físicos e a fé.

“Notamos que os idosos mantinham uma dieta com pouca gordura, com alimentos como a polenta ‘brustolada’(cortada em fatias e assada sobre a chapa), o frango criado solto, saladas cultivadas na horta – sem agrotóxicos – e pouco sódio. Em paralelo, todos mantinham atividades sociais, participando de grupos de dança, indo a festas com os amigos e à igreja. Para completar, a geografia do município, com muitos morros, faz com que os idosos, além de fazerem exercícios aeróbicos com as caminhadas, reforcem a musculatura, o que ajuda a reduzir o índice de queda, que é um dos problemas que mais atingem as pessoas nesta faixa etária”, detalhou.

Emilio Moriguchi - Crédito Ivane Costella Bissani

Emilio Moriguchi – Crédito Ivane Costella Bissani

Muitos dos hábitos citados por Moriguchi são seguidos pela aposentada Vilma Miotto, 74 anos, moradora de Vista Alegre do Prata. Ela mantém uma alimentação saudável, com direto à polenta e galeto, cultiva a horta com as verduras que a família consome e tem vida social. “Importante é viver bem e ter amigos. O que vi que preciso mudar é deixar de tomar meu café à tarde”, resignou-se, depois de ouvir de Moriguchi para evitar o consumo de cafeína após as 16h para ter um sono melhor à noite.

Os visitantes da X Femaçã também podem conferir o Lounge da Longevidade, onde estão sendo promovidos bate-papos e uma série de atividades com temáticas voltadas para os idosos, como a sensibilização das dificuldades enfrentadas pelos mais velhos, onde o público poderá vivenciar no próprio corpo problemas com a mobilidade, audição e visão.

Os benefícios da fruta       

A maçã é uma fruta muito nutritiva devido ao seu elevado conteúdo em vitaminas (A, B1, B2, Niacina, C) e sais minerais (potássio, fósforo, magnésio, enxofre, cálcio, sódio, silício e ferro). Ela contém 84% de água e 56 calorias em 100gr.

Por sua capacidade antioxidante, a maçã pode retardar o envelhecimento e prevenir o aparecimento de doenças crônico-degenerativas, proporcionando uma longevidade mais saudável. Conheça mais alguns benefícios da fruta, comprovados em estudos científicos internacionais:

– Diminuição do colesterol ruim;
– Controle da diabetes (a maçã tem baixo índice glicêmico);
– Contribui para um sono tranquilo;
– Ajuda a emagrecer. A água e as fibras diminuem o apetite;
– Melhora a prisão de ventre;
– Alivia dores de gastrite e cicatriza úlceras gástricas;
– Previne a infecção de garganta, auxilia na limpeza do trato vocal, boca e faringe;
– Diminui as rugas e a flacidez da pele;
– Se consumida com regularidade, diminui os riscos de câncer de pulmão, digestivo e de fígado, e previne doenças cardiovasculares.    

X Femaçã encerra domingo com Grupo Tholl
A X Femaçã encerra no domingo (21) com a magia do Grupo Tholl, às 20h, no Palco Gala. No sábado (20), o destaque é o show nacional com a dupla sertaneja Fernando e Sorocaba, às 23h50min, no Palco Gala. Além das apresentações musicais (veja programação completa anexo), o público poderá se deliciar, ao longo de todo o fim de semana prolongado, com a gastronomia oferecida em duas áreas para alimentação, contemplando desde lanches rápidos restaurantes de comida típica italiana. Passeios pelas rotas turísticas também estarão sendo oferecidos em frente à entrada da feira.

SERVIÇO  
X Femaçã – Festa Nacional da Maçã e Feira Agroindustrial
Quando: até 21 de abril de 2019. Horários de visitação à feira (expositores): dias 19 e 20, das 10h às 22h; e dia 21, das 10h às 18h
Onde: Parque de Exposições José Bin – Pavilhões da Femaçã (Alameda Santos Dumont, bairro Femaçã), em Veranópolis (RS). O show da dupla Fernando & Sorocaba ocorre no Ginásio Leonir Antonio Farina
Quanto: R$ 10 (entrada geral ao Parque de Exposições), estudantes e idosos pagam a metade. O show de Fernando & Sorocaba terá valor diferenciado, conforme o setor e o lote. Os preços podem ser conferidos no sitewww.femaca.com.br


FOTOS
Legenda: 
Dr. Emilio Moriguchi palestrou para uma plateia lotada.
Créditos: 
Ivane Costella Bissani, divulgação

FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...