Feira do Peixe Vivo movimenta cerca de R$ 350 mil em oito meses

IMG_0586
A nova modalidade da Feira do Peixe Vivo está agradando a população caxiense. A comercialização movimentou cerca de R$ 350 mil e já vendeu aproximadamente 30 mil quilos de peixes em oito meses no novo formato. Anteriormente, a feira era realizada somente na Semana Santa, porém com base nas demandas da população e dos próprios piscicultores, a Secretaria Municipal da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Smapa) organizou um novo formato de comercialização. Agora, são vendidos peixes frescos todos os meses, desde novembro de 2018. A feira vendeu 450 quilos nesta sexta-feira (12/07).
Sérgio Perini, 55 anos, mora em Capela Loreto, na Segunda Légua, e tem nove açudes, além de cultivar hortifrutigranjeiros. Ele trabalha com a criação de bagres e carpas capim, prateada e húngara, totalizando uma produção de cinco mil quilos de peixes ao ano.“Eu estou achando muito bom vender todos os meses aqui. Conseguimos escoar toda a nossa produção e esse resultado do novo formato mostra isso. Um dia bonito de sol como hoje é perfeito”, exaltou. As espécies mais vendidas são carpa capim e bagre.
Edina Maria da Silva, 50 anos, moradora do bairro Planalto, levou seu peixe para o final de semana. “Eu aprovei essa feira, porque sabemos de quem estamos comprando. O peixe é muito bom e saudável, além de ser fresco”, comentou. Enquanto a Rosa Maria Costa, 38 anos, moradora do bairro Bela Vista, achou interessante a nova modalidade. “É muito interessante essa feira todos os meses, porque assim podemos consumir com frequência”, elogiou. Entre as espécies mais vendidas estão carpa capim e bagre.
“O fomento da atividade agrícola através do fortalecimento dos canais de comercialização da Smapa tem demostrado grandes resultados como esse, agregando valor à propriedade e ao produtor rural do município”, argumentou Ramon Sirtoli, diretor executivo da Smapa. A Feira do Peixe Vivo vende espécies como carpa capim (R$ 12 o quilo); húngara, prateada e cabeça grande (R$ 10 o quilo); além de bagre (R$ 16 o quilo). A próxima edição ocorrerá em 09 de agosto.
 
Foto Clara Sant’ana
FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...