Secretaria da Cultura anuncia programação da Feira do Livro 2019

Patrono da Feira do Livro 2019

Patrono da Feira do Livro 2019, Delcio Antônio Agliardi

A Feira do Livro de Caxias do Sul, que ocorre entre os dias 27 de setembro e 13 de outubro, comemora 35 anos de existência. A Secretaria Municipal da Cultura (SMC), o Departamento do Livro e da Leitura, o Programa Permanente de Estímulo à Leitura (PPEL) e a Associação de Livreiros Caxienses (ALCA) convidam leitores e visitantes para participarem do maior evento literário da Serra Gaúcha. As novidades e atrações dessa edição foram anunciadas, nesta quarta-feira (11/09), durante uma coletiva de imprensa, na qual estiveram presentes a secretária da Cultura em exercício, Patrícia Ferreira; da Educação em exercício, Raquel Baldasso; e o secretário da Segurança Pública e Proteção Social, Ederson Cunha. A trilha sonora ficou por conta do Programa Florescer, do Instituto Elisabetha Randon.

A abertura oficial da 35ª Feira do Livro ocorre às 18h30, no dia 27 de setembro (sexta-feira), no palco principal da Praça Dante Alighieri e, em seguida, às 19h, haverá show com “A Banda Mais Bonita da Cidade”. O tema que norteia as ações literárias e artísticas da feira é “Você é o que você lê”. O patrono escolhido foi o escritor e professor Delcio Antônio Agliardi. Já a amiga do livro é a autora Bernardethe Zardo.

O patrono assinalou o empenho da SMC em empreender atividades que respondam aos anseios da comunidade e, com isso, realiza também os sonhos de uma sociedade leitora, que acaba se tornando mais próspera, humana e afetiva. “Eu vejo a leitura como uma possibilidade incrível de realizarmos o grau de humanidade que reside em nós. E, com o lançamento da programação, nesta manhã, colocamos a Feira em movimento, sob a perspectiva da prosperidade. Pois a cultura é uma das mais belas formas de pertencimento comunitário”, indicou Delcio.

Serão 17 dias de atrações culturais e artísticas, leituras e vivências e todos estão convidados a embarcar nessa viagem fantástica pelo mundo do real e do imaginário. Entre os nomes que circularão pelo evento literário, estão: José Eduardo Agualusa, José Clemente Pozenato, Armindo Trevisan, Toninho Vaz, Natalia Borges Polesso, Tito Gusmão, Rubem Penz, Juremir Machado, Sérgio Haddad, Eliane Potiguara, Christina Dias, Júlio Emílio Braz, Lúcia Hiratsuka, André Neves, entre outros. A edição deste ano traz 74 escritores nacionais e internacionais, que têm encontro marcado com o público em bate-papos e palestras abertas à comunidade.

Maria Cristina Tiburi Pisoni

Maria Cristina Tiburi Pisoni

Nosso diferencial é a paixão pelo que fazemos. Buscamos atender a todos os públicos, com diferentes interesses de leitura e para diversas faixas etárias. Neste ano, a Feira do Livro completa 35 anos de história. É a 2ª maior feira a céu aberto do Estado. Porém, realizar um evento com esse, com um período e programação tão extensa (17 dias), não é tarefa fácil. Mas acreditamos na importância e na necessidade de seguirmos lutando pela construção de uma sociedade mais leitora, plural e humana, no qual todos os 74 escritores envolvidos são importantes”, arrematou a diretora do Departamento do Livro e da Leitura da SMC, Maria Cristina Tiburi Pisoni.

O escritor caxiense também será destaque na Feira do Livro que contará com a participação de 40 autores locais, incluindo a 3ª edição do Projeto “Escritor na Comunidade”. Entre os dias 24 e 27 de setembro, estão previstas outras atividades que fazem parte da pré-feira. A programação ocorrerá na Câmara de Vereadores.

Durante o período da feira, os leitores terão a oportunidade de estar mais perto dos autores. Serão oferecidas 80 sessões de autógrafos; 22 encontros no 15º Passaporte da Leitura, com 88 escolas; mais de 20 oficinas; 160 contações de histórias no palco infantojuvenil; e 12 horas de histórias ininterruptas, na 11ª Maratona de Contação (02/10).

Na programação, também está previsto o 26º Proler, que valida 40h de formação para professores e mediadores de leitura. “O Proler tem como objetivo oferecer condições de reflexão sobre as práticas leitoras e promover a articulação da leitura com outras expressões culturais. Além desses objetivos, o encontro propõe elaborar ações promotoras da leitura e reunir especialistas no tema para partilhar experiências”, observou a gerente do PPEL, Heloísa Carla Coin Bacichette. O Proler acontecerá ao longo da feira e será realizado por meio de 23 atividades, oferecidas também à comunidade.

A Feira do Livro contará ainda com quatro exposições permanentes: “De Autores, Livros, Leitores e Releitura de Clássicos”, do artista Manoel Magalhães, no período de 27 de setembro a 30 de outubro, na Galeria de Arte Gerd Bornheim; “35ª Feira do Livro de Caxias do Sul: 35 anos de história”, de 27 de setembro a 13 de outubro, na Casa 35 – Praça Dante Alighieri; mostra “Olhai os Lírios do Campo – 80 anos de Érico Veríssimo”, de 9 de setembro a 3 de novembro, no Museu Municipal; e “Clic Ambiental 2019” – exposição das fotos vencedoras, de 24 de setembro a 13 de outubro, no 2º andar da Biblioteca Pública Municipal Dr. Demetrio Niederauer.

No espaço infantojuvenil estão previstas atividades promovidas pelo Sesi, Sicredi, Sesc e Senalba & Quindim. E as atrações não param por aí. Cerca de 34 apresentações musicais, Feira Fora da Feira, peças de teatro, Slam de Ilustração, Tapete Mágico e 4ª Semana da Leitura de Caxias do Sul fazem parte da programação cultural do evento, todos com entrada gratuita. “Estamos preparando uma feira muito atrativa e com excelente conteúdo, que conta com o trabalho incansável da equipe da Secretaria da Cultura, junto aos apoiadores, parceiros e patrocinadores”, comentou a secretaria em exercício da Cultura, Patrícia Ferreira.

Nesse ano, 38 bancas, entre editoras e livrarias, estarão presentes na Praça Dante Alighieri e oferecerão até 20% de desconto nas compras de livros. O show com Rafa Gubert e Tita Sachet encerrará a programação, no dia 13 de outubro, a partir das 19h, no palco principal.

A 35ª edição da Feira do Livro é uma realização da Prefeitura Municipal de Caxias do Sul, Secretaria Municipal da Cultura, Departamento do Livro e da Leitura/ Programa Permanente de Estímulo à Leitura e ALCA, com financiamento da Lei de Incentivo à Cultura (LIC). O evento conta o patrocínio do Sicredi, Marcopolo e Supermercados Andreazza. O apoio cultural é da Racon Consórcios, Unimed, Prolar e Bitcom. A 35ª Feira do Livro de Caxias do Sul conta também com o apoio das secretarias municipais, Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul (Codeca), Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) e da Brigada Militar.

Layout da Feira

Pelo terceiro ano consecutivo, o projeto de identidade visual da 35ª Feira do Livro de Caxias do Sul ficou a cargo dos alunos da disciplina de Projeto Gráfico, do curso de bacharelado em Design, da Universidade de Caxias do Sul (UCS). Sob a orientação da professora Aline Fagundes, os alunos da turma executaram o projeto entre os meses de março e junho. O projeto visual passou por diversas fases de concepção e contou com muitas inspirações.

A ideia inicial surgiu a partir de um primeiro contato dos alunos com o patrono da Feira do Livro, Delcio Antônio Agliardi. Na época, o patrono afirmou: “O livro precisa de mediadores”. Essa frase ecoou na turma e foi importante para a concepção do projeto gráfico. O trabalho foi inspirado na leitura de alguns livros, como: Para ler como um escritor’, de Francine Prose, e ‘Uma teoria geral do amor’, de Thomas Lewis.

“Além dos autores já citados, a autora americana, Toni Morrison, que entendia a literatura como mecanismo para significar nossa existência, também serviu como inspiração na construção da identidade visual da Feira do Livro. Essas referências serviram como ponto de partida para os alunos empreenderem pesquisas na área da biblioterapia, que utiliza a literatura com fins terapêuticos,” explicou Aline.

Com base nisso, a turma focou em estudos para entender por que a gente é o que a gente lê’. Isso suscitou debates, como: Por que o livro amedronta? Por que encanta?’ Após várias leituras e discussões, os alunos chegaram à conclusão que a leitura é uma importante ferramenta para exercer autonomia intelectual e que esse saber pode ser compartilhado.

A professora também relatou que essa etapa proporcionou fazer uma ligação com o tema do ano passado: ‘Ler para Ser’. “A intenção era estreitar esse vínculo, dar continuidade ao tema abordado anteriormente, pois a Feira do Livro tem toda uma trajetória, afinal já está na 35ª edição. Queríamos demonstrar essa trajetória”, concluiu Aline. Dessa forma, a identidade visual da feira traz personagens de livros de diferentes gêneros literários e que marcaram diversas gerações de leitores, como Emília, do Sítio do Picapau Amarelo; Anne Frank; e Harry Potter.

 

 

 

Foto Noriana Seefeld Behrend

FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...