Festa da padroeira de Caxias terá recital de violão e apresentação de orquestra na próxima semana

teresa
A Festa de Santa Teresa D´Ávila, padroeira da Catedral Diocesana e da Cidade de Caxias do Sul, iniciou no 6 de outubro com a Novena Preparatória e segue até dia 16 de outubro.  No dia 15 de outubro, dia votivo da Santa, após as missas das 12h, 16h e 19h, haverá bênção da saúde e dos educadores com a entrega da lembrança de Santa Teresa. No dia 14, para comemorar os 120 anos de inauguração do templo da Catedral, haverá Recital de violão com Windsor Osinaga às 20h, e no dia 16, às 20h, ocorrerá apresentação da Orquestra Sinfônica da UCS na Catedral, com a obra O Messias (HWV 56) de Georg Friedrich Händel, e regência de Maestro Diego S. Biasibetti.
O lema “Com Santa Teresa D’Ávila, batizados e enviados!” lembra o Mês Missionário Extraordinário proclamado pelo Papa Francisco para outubro. Já o tema “Castelo Interior – O encontro com Cristo!”, remete ao livro mais conhecido da Santa, “As moradas do Castelo Interior”, que guiará as reflexões da Novena.

Os encontros da Novena ocorrem sempre às 19h, até dia 14 de outubro. No dia 13, às 10h30min, será celebrada a missa no Monumento de Santa Teresa na BR-116, Bairro São Leopoldo, seguida de almoço no Salão do Carmelo (Rua Dante Pelizzari, 1448), com ingressos a 40 reais (adulto) e 20 (de 5 a 10 anos) que podem ser adquiridos na secretaria da Catedral.

“É a oportunidade da cidade de Caxias do Sul conhecer mais sobre sua padroeira, uma Santa mística e doutora, e seus escritos tão profundos, em um momento especial, proclamado pelo Papa como o Mês Missionário. Certamente, será uma Festa muito enriquecedora”, afirma o pároco da Catedral de Caxias, padre Paulo César Nodari.

Programação:
NOVENA PREPARATÓRIA
07/10/2019 – Segunda Noite – 19h
Primeira Morada: Formosura e dignidade da alma –  Graça: Oração
08/10/2019 – Terceira Noite – 19h
Segunda Morada: Perseverança para chegar às últimas moradas – Graça: Perseverança
09/10/2019 – Quarta Noite – 19h
Terceira Morada: Incertezas e inseguranças do caminho – Graça: Vigilância
10/10/2019 – Quinta Noite – 19h
Quarta Morada: Contentamentos e verdadeira felicidade  – Graça: Felicidade verdadeira
11/10/2019 – Sexta Noite – 19h
Quinta Morada: União da alma com Deus – Graça: Discernimento
(Será transmitido o filme “Irmã Dulce dos Pobres”, às 19h30min, no Espaço Mater Dei, em comemoração a sua canonização, que ocorrerá no dia 13 de outubro)
12/10/2019 – Sétima Noite – 19h
Sexta Morada: Os sofrimentos interiores – Graça: Amor
13/10/2019 – Oitava Noite – 19h – Missa dos Cantares
Sétima Morada: Encontro com Cristo – Graça: Vida espiritual
14/10/2019 – Nona Noite – 19h
Considerações sobre Santa Teresa: batizada e enviada – Graça: Vida batismal
– Missa de Ação de graças pelos 120 anos de inauguração e bênção do templo da Catedral.

Festividades
13/10/2019
Missa no Monumento Santa Teresa D’Ávila – 10h30min
Almoço da Festa de Santa Teresa d’Ávila – 12h30min (Salão da Comunidade Nossa Senhora do Carmo – Carmelo – Rua Dante Pelizzari, 1448 – Bairro Panazzolo).
Cardápio: Galeto, carne suína, risoto, maionese, salada verde, pão, vinho, refrigerante, sagu com creme e café.
Cardápio: Preço: 40,00 (Adulto) e 20,00 (Criança de 5 a 10 anos)
14/10/2019 – 120 anos de inauguração do templo: missa especial às 19h e Recital de violão com Windsor Osinaga, às 20h (entrada franca).
15/10/2019 – Festa Solene: Após as missas das 12h, 16h e 19h, bênção da saúde e dos educadores com a entrega da lembrança de Santa Teresa D’Ávila.
16/10/2019 – Orquestra Sinfônica da UCS apresenta O Messias (HWV 56) de Georg Friedrich Händel; Regência – Maestro Diego S. Biasibetti; Solistas: Andiara Mumbach – Soprano; Victor Lucas Bento – Contratenor; Franciscco Amaral – Tenor; Ricardo Barpp – Baixo; Coral Porto Alegre e Gisa Volkmann – Preparação Vocal – às 20h  (entrada franca).

Sobre Santa Teresa D’Ávila: Teresa D´Ávila nasceu na Espanha no ano de 1515. Seus escritos relatam sobre o amor do encontro da alma com Deus. Percebeu que era preciso criar um novo estilo de vida religiosa, fundando 16 carmelos. Foi nomeada “Doutora da Igreja”, em 1970, pelo Papa Paulo VI, em função da profundidade de seus escritos, que são estudados até hoje por psicólogos e psicanalistas. Foi escolhida padroeira de Caxias do Sul pelos imigrantes italianos para homenagear a imperatriz Teresa Cristina, em gratidão às terras recebidas na colonização.

FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...