Costelão 12 horas é a novidade do Guri para o fim de ano

Costela é um dos cortes mais tradicionais da cultura gaucha - Crédito Divulgação

Costela é um dos cortes mais tradicionais da cultura gaucha – Crédito Divulgação

Nada melhor que um legítimo Costelão 12 horas para saborear no domingo. Esta é novidade deste mês no GURI – Cozinha de Origem, restaurante localizado no 15 da Graciema, no Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves (RS). O tradicional prato faz parte do Menu de Origem (R$ 130 por pessoa), acompanhado pelo pão de Levain assado no forno a lenha com manteiga de ervas como entrada, da salada de maionese da Dona Rosane, que passou a receita para o filho, o chef Enio Valli, da farofa gaúcha e salada de verdes. Para arrebatar, uma sobremesa típica das churrascarias gaúchas, mas com um toque especial do chef: abacaxi tostado na parrilla, com merengue e nozes.

São seis pratos que misturam o resgate da tradição do Costelão com as memórias afetivas de muitas famílias.  O chef Enio Valli explica que a elaboração segue o ritual de assar a costela lentamente, defumado com lenha de figueira. “A história no Brasil relata que as costelas eram preparadas em fogo de chão e surgiu nas fazendas, onde os patrões matavam o gado para consumo próprio e pegavam para si as consideradas carnes consideradas nobres como picanha, maminha, alcatra e file mignon e entregavam aos peões as costelas, carnes consideradas não nobres e difíceis de assar ou usar no dia a dia”, relata Valli.

O chef conta que enquanto cuidavam do gado do patrão, os peões faziam um buraco no chão, cravavam a costela em lanças de pau e deixavam assando por várias horas, temperada apenas com sal grosso, muitas vezes utilizado para alimentar o gado. “Eles dividiam o mate, conversavam enquanto a costela era assada lentamente. Foi assim que surgiu um dos mais bonitos e gostosos costumes”, rememora.

Valli acrescenta que a ideia para o próximo ano, além de dar continuidade aos Menus de Origem e Loucos por Carne, é sempre trazer novidades, experimentando o uso de novos ingredientes, levando em conta a sazonalidade de cada um e aprofundando ainda mais a busca por uma cozinha experimental e de valorização da gastronomia dos pampas. “O que queremos é levar sabor, aguçar todos os sentidos dos nossos clientes e fazer com que vivam uma experiência gastronômica marcante e afetiva sempre que vierem ao Guri”, propõe.

As reservas podem ser feitas pelo telefone (51) 9.9525.0303 (WhatsApp) e (54) 3459.1084, através das redes sociais (Instagram e Facebook@gurirestaurante) ou ainda pelo site www.gurirestaurante.com.br no link https://guri.meitre.com/

5 mil clientes no primeiro ano e reconhecimento da mídia especializada     
Em pouco mais de um ano de portas abertas no Vale dos Vinhedos, mais de 5 mil pessoas já viveram a experiência do resgate da culinária gaucha proposta pelo Guri. O Guri – Cozinha de Origem já vem obtendo o reconhecimento da crítica especializada, tendo sido escolhido o Restaurante Revelação de Bento Gonçalves pela revista Sabores do Sul. Para a vindima, que inicia no final deste mês na Serra Gaúcha, a equipe prepara novidades que incluem novos pratos no menu e parceria com vinícolas. Valli e sócia Michele Silveira projetam ainda a ampliação da horta orgânica para atingir a autossuficiência em vegetais, o rastreio completo das proteínas servidas e o aprofundamento dos estudos sobre a gastronomia gaucha e transformação em novas receitas, que deverão ser compartilhadas com o público nas redes sociais.


GURI – Cozinha de Origem

Endereço: Linha 15 da Graciema, 676 – Bento Gonçalves, Vale dos Vinhedos (RS)
Horários de funcionamento: terça-feira a sábado, das 19h às 22h; e sábado e domingo, das 12h às 15h
Contatos: (51) 9.9525.0303 (WhatsApp) e (54) 3459.1084
Site: www.gurirestaurante.com.br
Instagram: @gurirestaurante


FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...