De casa, estudantes criam vídeo para celebrar o Dia Internacional da Dança

Foto David Hofmann/Divulgação

Foto David Hofmann/Divulgação

Com cenas de acadêmicos de Licenciatura em Dança, produto foi desenvolvido no projeto extensionista “Dança: diálogos entre produção e prática”, oferecido em aulas online síncronas.
Nesta quarta-feira, dia 29 de abril, é comemorado o Dia Internacional da Dança, data instituída pela UNESCO em 1982. Em tempos de quarentena, os estudantes do curso de Licenciatura em Dança foram desafiados a mostrar seus passos diante das câmeras, num vídeo para celebrar a data.

A produção audiovisual é resultado de um projeto extensionista “Dança: diálogos entre produção e prática”, coordenado pelas professoras Magda Bellini e Sabrina Marques Manzke. Tradicionalmente oferecido na modalidade presencial, e complementar às disciplinas da graduação, o curso se readequou no período da quarentena e passou a ser ministrado no modo online. Além dos acadêmicos, o projeto também conta com a participação de pessoas da comunidade inscritas na iniciativa.

Conforme a professora Sabrina Marques Manzke, a oferta online foi uma solicitação dos próprios alunos, para que pudessem desenvolver suas coreografias de casa. Por causa do isolamento social, o primeiro produto do semestre é um “challenge” (desafio): cada participante compartilha uma coreografia individual; o bailarino anterior desafia o seguinte a prosseguir com a dança. O projeto reuniu dez alunos, explorando gênero preferido de cada; eles organizaram o próprio figurino e desenvolveram o roteiro sequencial

“Os estudantes têm sua origem na dança marcada por diferentes gêneros de dança, por isso não queríamos delimitar um tema específico. A organização partiu dos próprios alunos e buscou explorar a versatilidade deles, com variações indo dos tribais ao ballet. Os alunos queriam deixar claro de onde eles vêm, e o que carregam com mais verdade”, explica Sabrina

A escolha do figurino variou entre indumentárias mais ornamentadas a vestimentas mais simples ou cotidianas – utilizadas em muitos gêneros contemporâneos, como K-Pop ou Hip Hop. As escolhas se misturaram ao improviso para garantir um momento de descontração e versatilidade no vídeo.

“Estamos em isolamento e não queríamos deixar o Dia Internacional de Dança passar em branco. Com essas pequenas ações queremos reafirmar a importância da arte e da dança, porque elas nos mostram como é possível sorrir de dentro de casa, mesmo que o cenário de fora não seja muito otimista”, finaliza Sabrina.

Ao final do semestre, o grupo vai finalizar os estudos com a produção de uma videodança para fazer uma reflexão sobre o período de isolamento e distanciamento social.

Assista ao vídeo – https://youtu.be/ES8Z-5bQnro
FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...