Opinião | Espírito, Amor, pão e estudo

PAIVA NETTO

Por Paiva Netto*

Sem o sentido de Fraternidade Ecumênica, acabaríamos com o planeta, mantendo nossos cérebros brilhantes, mas os corações opacos. A almejada reforma da sociedade não virá em sua plenitude se o Espírito Eterno da cidadã (ou do cidadão) não for levado em alta conta. O mundo precisa de progresso — sim e sempre — que lhe dê pão e estudo; todavia, necessita igualmente do indispensável alimento do Amor e, por conseguinte, do respeito.

A Solidariedade, a Generosidade, a Compaixão e a Fraternidade são justamente combustíveis que motivam a ação diligente de todos os atores sociais idealistas da comunidade internacional.

Perene gratidão

A gratidão é um sentimento de Amor que não se apaga da Alma.

É notável o testemunho daquele homem samaritano que caiu aos pés de Jesus em agradecimento por ter sido curado da hanseníase pelo Médico Celeste:

 

— Então, perguntou-lhe o Cristo: Não foram dez os limpos? E onde estão os nove? Não houve, porventura, quem voltasse para dar glória a Deus, senão este estrangeiro? E disse-lhe o Mestre Amado: Levanta-te e vai. A tua fé te salvou.

Jesus (Lucas, 17:17 a 19)

 

José de Paiva Netto ― Jornalista, radialista e escritor.

paivanetto@lbv.org.br — www.boavontade.com

ServiçoTesouros da Alma (Paiva Netto), 304 páginas. À venda nas principais livrarias ou pela www.amazon.com.br.

FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...