Aeroporto Regional | Prefeito convida lideranças para a primeira audiência pública virtual do país em licenciamento ambiental

Na CIC, Foto Fabiana de Lucena

Na CIC, Foto Fabiana de Lucena

A Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luiz Roessler (Fepam) promove audiência pública no dia 15 de setembro com o objetivo apresentar o Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e seu respectivo Relatório de Impacto Ambiental (Rima) do Aeroporto Regional da Serra Gaúcha à população. Em função da pandemia, o encontro vai ocorrer de forma virtual, às 19h, com o apoio da Bitcom TV (link de acesso será fornecido mais próximo à data). Por ser mais um grande passo para a construção do novo aeroporto e por ser a primeira audiência pública virtual do país em licenciamento ambiental, conforme a Fepam, o Prefeito Flávio Cassina e o Vice-prefeito Edio Elói Frizzo estão convidando pessoalmente lideranças da cidade para acompanhar a audiência e divulgar em seus meios para que o público participe também.
Presidente da Câmara Ricardo Daneluz - Foto Fabiana de Lucena

Presidente da Câmara Ricardo Daneluz – Foto Fabiana de Lucena

Na manhã desta quinta-feira (13/08), Cassina e Frizzo entregaram o cartaz convite ao presidente do Legislativo, Ricardo Daneluz Neto. À tarde, estiveram na Prefeitura, o presidente da CIC, Ivanir Gasparin e os integrantes do Mobi Caxias, o presidente Carlos Zignani e o coordenador Projeto Acesso Aéreo, Rodrigo Postiglione.
O secretário do Planejamento, Adivandro Rech contou sobre a importância da audiência a nível nacional e explicou o andamento do processo. “Será a primeira audiência neste formato, muitos estados vão acompanhar, porque estão aguardando licenciamento para portos, aeroportos. Seremos modelo. Neste momento, estamos trabalhando em duas frentes, além da divulgação da audiência pública. A primeira é relativa às indenizações. A Procuradoria Geral do Município já apresentou as ações indenizatórias e os depósitos serão realizados nos próximos dias. Assim, teremos o termo de posse da área. Paralelo a isso, estamos montando o Termo de Referência que possibiliza a licitação do Projeto Executivo para a obra do aeroporto. O termo deve estar pronto até o final deste mês, podendo então encaminharmos para a licitação”, informou.
A área desapropriada que receberá o Aeroporto Regional da Serra Gaúcha compreende 445 hectares, e está localizada na localidade de Tabela, em Vila Oliva. Dos 30 milhões provenientes de financiamento com a Caixa, 20,6 milhões são referentes às indenizações, e o restante voltado para investimentos em obras viárias e de infraestrutura, principalmente, no entorno de onde estará localizado o empreendimento. O orçamento estimado para a construção do aeroporto é de R$ 200 milhões e o recurso será proveniente do Fundo Nacional da Aviação Civil. O aeródromo terá capacidade de operação para Boeing 737, terminal de passageiros de 4,7 mil m² e 500 vagas, pátio com 26 mil m², pista com 1,9 quilômetros de comprimento e 45 de largura, podendo receber oito aeronaves simultaneamente.
Os estudos do Aeroporto Regional da Serra Gaúcha tiveram início em abril de 2014, quando o Aeroporto Regional Hugo Cantergiani, em Caxias, foi declarado inviável para expansão.
Foto Fabiana de Lucena
FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...