Programa Troca Solidária ocorre nesta quinta-feira

Foto Divulgação Codeca

Foto Divulgação Codeca

 

A Companhia de Desenvolvimento de Caxias (Codeca) realiza nesta quinta-feira, dia 24 de setembro, mais uma edição do programa da Troca Solidária. O projeto, que chegou ao seu 11º ano em 2020, beneficia a comunidade de baixa renda de 24 bairros e loteamentos do município com a possibilidade da troca de material reciclável por alimentos.

Conforme as regras do programa, cada quatro quilos de resíduos dão direito a um quilo de mantimentos, limitado a 15 quilos por pessoa. O programa Troca Solidária é realizado todas as quintas-feiras em bairros e loteamentos alternados. O cardápio também varia conforme a época do ano. A ação é uma iniciativa da Prefeitura e desenvolvida pela Codeca em parceria com a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Smapa) e a Fundação de Assistência Social (FAS).

Confira os locais em ocorrerão o Troca Solidária nesta quinta-feira:

TURNO DA MANHÃ

7h15: Rota Nova – Estrada Municipal Pedro Dedavid (em frente à portaria)

7h15: Serrano – Rua Olinda Blauth

8h45: Beltrão de Queiroz – Rua Cristóforo Randon (lateral do posto Coocaver)

8h45: Cânyon – Rua dos Torneadores

10h15: Vale da Esperança/Reolon – Rua Adyles dos Santos (ao lado do Centro Comunitário)

10h15: Fátima Baixo – Rua Clementina Grasselli, esquina com Av. Dr. Mário Lopes

TURNO DA TARDE

13h15: Monte Carmelo – Rua Pato Branco (esquina com a Rua Francisco B. Queiroz)

13h15: Mariani – Rua Vergínia Botini Reuse (em frente ao Centro Comunitário)

14h45: Vila Lobos – Rua das Esmeraldas, esquina com Rua dos Diamantes

14h45: São Gabriel – Rua Aida Esther da Rosa Del Canalle (ao lado do Centro Comunitário)

16h15: São Caetano – Rua Gécio Alves de Oliveira, esquina com Rua Giovanni Borgo

16h15: Paraíso Cristal – Rua A, próximo à Rua Carlos Debastiani

COMO FUNCIONA O TROCA SOLIDÁRIA?

  1. O morador leva o seu resíduo reciclável;
  2. O volume de resíduo é pesado e o morador recebe um vale com o peso que tem direito a levar em alimentos;
  3. A quantidade por edição é fixada em até 15 quilos de comida por pessoa;
  4. O morador pode retirar as frutas e legumes no caminhão dos hortifrutis que acompanha a edição. Caso ele tenha direito a mais do que a quantidade máxima, o mesmo receberá um vale para retirar na próxima edição;
  5. Os hortifrutis excedentes das edições são aproveitados pelo Banco de Alimentos;
  6. Os resíduos recicláveis arrecadados são destinados para associações de recicladores conveniadas.
FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...