Rede Caminho do Saber se posiciona a favor do retorno presencial das escolas

image00010

Instituição vem realizando diversas ações em apoio durante a semana 

 
Os últimos dias têm sido movimentados na Caminho do Saber. Isso porque desde o início da semana, uma equipe formada por profissionais dos setores administrativo e pedagógico vem colocando em prática um plano de ação para reforçar vínculos socioemocionais e evidenciar a decisão de não reabertura das escolas. Entre as atividades, lonas pretas nos outdoors da instituição espalhados pela cidade, cartazes solicitando o retorno presencial nas grades da Caminho, além de uma grande faixa nos prédios enfatizando a campanha “Lugar de criança é na escola”.
image00001
Além disso, as cadeiras das salas de aula foram para a rua com o objetivo de mostrar o quão impactante é ver tudo vazio. As cadeiras representam o número de turmas que estão sofrendo diante dessa situação. Um abraço dos colaboradores em torno da escola, vestindo colorido em alusão à esperança de um retorno cheio de aprendizados, também faz parte da ação. Mas não só isso. Pelo lado pedagógico, alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental entregaram trabalhos que demonstram o déficit que esse momento está causando em suas vidas. Já os alunos do Ensino Médio escreveram redações sobre o apagão educacional que estamos passando. A atividade fez parte do projeto SAS ENEM, que prepara os alunos ao longo do ano todo para o exame, em parceria com a plataforma de educação SAS.
image00003
Há quase 60 dias sem aulas presenciais, os professores da escola já sentem os impactos deixados na aprendizagem dos alunos. A falta do ensino presencial afeta o desenvolvimento cognitivo principalmente das crianças.  No processo de pré-alfabetização e alfabetização, por exemplo, os alunos precisam do contato com os colegas e da estrutura de uma escola para aprender na prática o que é ensinado em sala de aula. Além disso, as questões socioemocionais estão sendo fortemente abaladas, uma vez que os alunos precisam da troca de experiências para o melhor aproveitamento do aprendizado.
A proposta das ações é também uma forma de questionar a impossibilidade da reabertura das escolas, frente à flexibilização de algumas atividades. “Estamos preparados há muito tempo, seguindo todos os protocolos de segurança para um retorno presencial. Acreditamos que nossos alunos precisam da gente mais do que nunca”, afirma Carina Coutinho, diretora pedagógica da Caminho do Saber.
Além da Caminho, a Companhia do Carinho (localizada no Desvio Rizzo) e as franquias da Rede (Impulso Eldorado e Impulso Bento) também aderiram a campanha e apoiam o movimento.
FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...