Malharia da Serra Gaúcha amplia projeção e crescimento de vendas no inverno deve superar 50%

Adriele destaca que mesmo com aumento no custo da matéria-prima a projeção de vendas para o inverno foi superada com folga     Crédito: Liliane Lazzarotto

Adriele destaca que mesmo com aumento no custo da matéria-prima a projeção de vendas para o inverno foi superada com folga
Crédito: Liliane Lazzarotto


Ballardin Malhas, com matriz em Caxias do Sul, unidade em Farroupilha e mais de 12 mil revendedores no país, completou 52 anos apostando na queda das temperaturas e na retomada da economia após redução nos números da pandemia

Ballardin Malhas completou 52 anos no mês de junho comemorando o aquecimento nas vendas, que deve superar a marca de 50% neste inverno em relação ao ano passado. A previsão inicial, que era de um incremento de 30% no período mais frio do ano, já foi superada, tendo como fatores principais a queda nas temperaturas e no controle da pandemia da Covid-19. Também chama a atenção o aumento de mais de 20% no número de revendedores cadastrados no primeiro semestre deste ano na comparação com todo o ano de 2020.

Michele Daniel, Iraci Ballardin Daniel, Valcir, Adriele e Franciele Daniel estão à frente da marca que completou 52 anos em junho     Crédito: Aline Tonioli

Michele Daniel, Iraci Ballardin Daniel, Valcir, Adriele e Franciele Daniel estão à frente da marca que completou 52 anos em junho
Crédito: Aline Tonioli

A empresa familiar tem fábrica e loja em Caxias do Sul, unidade em Farroupilha e conta com cerca de 12 mil revendedores no país. Até o mês de junho, mais de 1,6 mil novas lojas e Microempreendedores Individuais (MEIs) parceiros foram cadastrados para a venda de peças de forma consignada. Somente neste semestre, foram contratados 25 funcionários, chegando a número total de 55 colaboradores, entre as vagas fixas e temporárias abertas em função da sazonalidade da produção para o período.

Aumento no custo da matéria-prima não impediu crescimento de 50% nas vendas da Ballardin Malhas            Crédito: Camila Ruzzarin

Aumento no custo da matéria-prima não impediu crescimento de 50% nas vendas da Ballardin Malhas
Crédito: Camila Ruzzarin

Adriele Daniel, diretora de Marketing da Ballardin Malhas, credita o ótimo desempenho ao retorno das atividades econômicas em maior velocidade nos últimos meses. Ela acrescenta que o inverno rigoroso, que representa cerca de 90% do total comercializado no ano, também contribuiu para que a meta de crescimento fosse superada.

“Nunca trabalhamos com um estoque tão baixo, o que significa que, mesmo com um planejamento bastante otimista, acabamos sendo surpreendidos positivamente com o aumento da demanda. Mesmo com a alta no custo de produção, especialmente do fio, que teve um reajuste de praticamente 100%, conseguimos atender a esse consumidor que estava sedento por novidades e que, pouco a pouco, retoma a vida social, renova as peças de inverno e faz a roda da economia girar”, destaca a diretora.

Adriele faz parte da terceira geração da família à frente da marca, com as irmãs Michele e Franciele Daniel, e dos pais, Iraci Ballardin Daniel e Valcir Daniel.

A diretora de Marketing menciona o sucesso do e-commerce que, em menos de um ano, já responde por 10% do faturamento da marca.

Ballardin apostou em modelos grossos, com gola alta, e fios mais quentinhos, além de cores ainda mais vibrantes e coloridas     Crédito: Sara Sgarabotto Chinelato

Ballardin apostou em modelos grossos, com gola alta, e fios mais quentinhos, além de cores ainda mais vibrantes e coloridas
Crédito: Sara Sgarabotto Chinelato

“A pandemia acabou antecipando essa tendência e passamos a atender o consumidor final também por esse canal. Mesmo assim, a maioria dos revendedores possuem loja física ou são MEIs e a retomada das atividades do comércio acabaram contribuindo para a superação nos números que projetamos ainda no outono”, reforça.

52 anos de história no setor têxtil

A Ballardin Malhas foi fundada em 1969 pelos patriarcas Edith Zanette e Jaime Ballardin, num dos cômodos da residência do casal. Muito mais do que um negócio, a empresa ajudou a dar suporte às filhas Iraci e Patrícia Ballardin. A empresa iniciou a operação com apenas duas máquinas de tecer manuais e foi registrada em 1971.

Em maio de 1994 passou a ser administrada por Iraci, em sociedade com o marido Valcir Daniel. A partir de então foi crescendo e, hoje, está na sua terceira geração de sucessoras. Em 2006, iniciou o sistema de revenda, se tornando muito conhecida na região da Serra Gaúcha. Além de contar com revendedores em todo o país, está com projetos de expansão para o Exterior.

Atualmente, a Ballardin Malhas está presente em mais de 600 cidades brasileiras, nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Espírito Santo e Distrito Federal. Os principais mercados são as cidades de clima predominantemente frio, como Caxias do Sul, Gramado e Canela (RS) e São Joaquim, Lages e Joinville (SC). A empresa trabalha exclusivamente com peças adulto, feminino e masculino.

Ballardin Malhas em números

●       Média de 200 atendimentos por dia para pré-avaliação de revenda

●       1,8 mil peças são enviadas por dia para revenda durante o inverno

●       1.609 revendedores cadastrados até junho deste ano

●       Mais de 12 mil revendedores no país

●       Projeção de 2 mil novos cadastros registrados até o final do ano

●       60% do mercado da Ballardin são em cidades gaúchas

●       Em 2020, a empresa fechou o ano com crescimento de 65% nas vendas em relação a 2019

●       Atualmente são 55 colaboradores, entre fixos e temporários. Vinte e cinco empregos foram criados só neste semestre

FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...