Trabalho que remete às águas da cidade portuguesa de Aveiro vence 20º UCS/Cootegal Design de Moda

Leonardo de Lima - Foto Alex Alles

Leonardo de Lima – Foto Alex Alles

Produção premiada integra a exposição Histórias da Lã, nas Lojas Magnabosco, que se estende até 6 de agosto. Reunindo todos trabalhos já premiados, Iniciativa celebra as 20 edições do concurso, conta com exposição fotográfica e de registros da história da Cooperativa Têxtil Galópolis

Com o trabalho Devir, que resgata memórias da infância, através das águas da cidade portuguesa de Aveiro, e de aprendizados durante passagem pelo curso de Arquitetura, a estudante do curso de graduação em Moda Gabriela Pereira da Cunha venceu a 20ª edição do Concurso UCS/Cootegal Design de Moda. Como premiação, uma viagem nacional para aprimoramento na área, além da possibilidade de estagiar na Cooperativa Têxtil Galópolis.

Z - Premiada Gabriela Cunha - Foto Alex Alles

Premiada Gabriela Cunha – Foto Alex Alles

Gabriela, que viveu em Portugal até os onze anos, trouxe para sua produção aspectos da paisagem de sua cidade natal, com destaque para a Ria de Aveiro. A vinda para o Brasil carrega elementos de si e dos novos horizontes que vislumbrou: inspirada pelos encantos da Arquitetura, estudou no curso antes de migrar para a Moda. “Possibilitada por ele, conheci algumas das pessoas mais importantes na minha vida e aprendi valiosas lições que levo comigo”. A estética do reflexo da água se interliga às curvas das plantas topográficas. Como acessório, um sapato de salto com camadas de lã cortadas e empilhadas que lembram as maquetes que fazia na graduação em Arquitetura.

O título “Devir” representa as mudanças da vida e o encontrar de seus caminhos. “A parte limpa e sólida das linhas arquitetônicas traz o peso necessário e se conecta, ao mesmo tempo, aos volumes e formas orgânicas, retiradas dos reflexos da água e das curvas de nível. Esses elementos, traduzidos, se dão nas mudanças que posso fazer com esse material, fluindo por entre tudo o que em minha vida se manifesta e cria quem sou”, explica ela, que considera incrível ver materializada a sua criação e uma honra ter sido premiada.

Mais premiados

As menções honrosas foram concedidas para Nazca Dias Viana, pelo projeto Conduz; e para Nathália Maria Costella, pelo trabalho intitulado Sinuosos.

Nessa edição, que teve mostra das produções dos estudantes nas Lojas Magnabosco, o trabalho Anseios Ancestrais, do acadêmico Leonardo Silva Machado de Lima, foi reconhecido pelo voto popular. “Foi uma honra fazer parte desse processo com pessoas incríveis e contar um pouquinho da moda que eu acredito, da história das mulheres na minha família, de todas elas, fico muito, muito feliz”, avaliou, agradecendo a todos envolvidos e ao público que garantiu seu prêmio.

Solenidade

A apresentação virtual dos ganhadores foi conduzida pelas professoras e parceiras no projeto desta edição Bernardete Venzon, Gilda De Ross e Adriana Job Ferreira Conte, que descreveu: “É um projeto muito grande, que envolve as empresas, mas, também, a essência de cada aluno. Além de uma premiação, de um concurso, o objetivo é permitir aos alunos o seu desenvolvimento, a busca do seu projeto como criador, o desenvolvimento autoral para a vida, para a profissão deles”, lembrando que seriam concedidos alguns prêmios, mas que todos os acadêmicos são vencedores pela dedicação, pelo envolvimento e pelo resultado de seus trabalhos.

Jurados - Foto Alex Alles

Jurados – Foto Alex Alles

Também agradeceram a todas as parcerias que possibilitaram essa edição a coordenadora do curso de Moda, Lêda Maria Stumpf Brehm, e o diretor da área do conhecimento de Artes e Arquitetura, Givanildo Garlet. “Não pude deixar de notar: 127 anos da Cootegal, 106 anos do Magnabosco, 54 anos da UCS e quase 30 anos do curso de Moda. Isso é história, é tradição, é qualidade e inovação. Ninguém dura tanto tempo sem ser capaz de inovar e de se reinventar a cada ano que passa. É isso que estamos fazendo, nos reinventando, trazendo um novo modelo, continuando essa história bonita que é a história da lã, de uma de nossas primeiras indústrias de Caxias do Sul. A lã faz parte da história do município”, pondera o professor. Participaram, ainda, os jurados, o presidente da Cooperativa Têxtil Galópolis (Cootegal), Fernando Marchioro, o diretor da Magnabosco, Pedro Horn Sehbe, a vencedora do 6º UCS/Cootegal, Bruna Devilla, o vencedor do 14º UCS/Cootegal, Gabriel Bressani, e a vencedora do 10º UCS/Cootegal, Kimberly Santini.

Menção Honrosa - Nazca Dias - Foto Alex Alles

Menção Honrosa – Nazca Dias – Foto Alex Alles

Exposição Histórias da Lã

A lã e suas experiências criativas serão objetos da exposição Histórias da Lã, que ocorre de 21 de julho a 6 de agosto, comemorativa aos 10 anos e 20 edições do concurso UCS/Cootegal Design de Moda, que ocorre semestralmente, desde 2011. Nessa trajetória de parceria, várias e diferentes histórias foram contadas, cheias de emoção e materializadas em lindas peças atemporais.
Passeando pelas Lojas Magnabosco será possível conferir de perto algumas destas histórias através dos 20 looks premiados, dos seguintes egressos:

1º Concurso – 12/2011: Daiane Vaz Miotto
2º Concurso – 07/2012: Camila Moresco
3º Concurso –04/12/2012: Ana Cláudia Piasentini Dotto
4º Concurso – 07/2013: Jorge Alexandre Amaro
5º Concurso – 11/2013: Andressa Zattera
6º Concurso – 07/2014: Bruna Devilla
7º Concurso – 12/2014: Júlia Varaschin Webber
8º Concurso – 07/2015: Angélica Araldi
9º Concurso – 12/2015: Mariane De Bona
10º Concurso – 07/2016: Kimberly Santini
11º Concurso – 12/2016: Carina Godinho De Oliveira
12º Concurso – 07/2017: Fabrício Gelain De Prá
13º Concurso – 12/2017: Betina Scholl
14º Concurso – 07/2018: Gabriel M. Bressani
15º Concurso – 12/2018: Weslei Carlesso
16º Concurso – 07/2019: Eliseu Francisco Da Silva Junior
17º Concurso – 12/2019: Ketlyn R. Garbin
18º Concurso – 10/2020: Lara Francesca Becker Hisini
19º Concurso – 12/2020: Anderson Nunes Castilhos
20º Concurso – 07/2021: Gabriela Pereira da Cunha

Complementam a exibição uma mostra fotográfica especialmente produzida com as criações e clicadas por Ana Salvi e registros dos 127 anos da Cootegal, com materiais inéditos que pela primeira vez saem da empresa e são expostos ao público, como fotos e desenhos gráficos para construção de padrões têxteis que datam de 1925.

FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...