Leo Quintella lança Meu Sangue Ferve por Você, hit de Sidney Magal, e videoclipe da nova versão, influenciada pela house e pela disco music

Captura de Tela - Foto  Valentina Denuzzo

Captura de Tela – Foto Valentina Denuzzo

Ouça o single: https://play.ax/meusangueferveporvc?fbclid=IwAR1gcGaRtLEwY1602xuSjxB4YnG1YNm-Ze_P7vR08J6prvl_ZlvmTiTJtuU

Veja o clipe: https://www.youtube.com/watch?v=zDlDnUjzAiU

Volta e meia, Sidney Magal está na mídia. O que ele não faz ideia é que, além de todas as gerações que viveram intensamente os seus sucessos nos anos 1970 e 1980, há um jovem celebrando e atualizando o seu legado. O nome dele é Leo Quintella, que está lançando nas plataformas de música o single com uma nova versão para Meu Sangue Ferve por Você, um dos maiores hits de Sidney Magal.

Foi numa festa que Leo Quintella redescobriu Meu Sangue Ferve por Você. Depois de ver todo mundo cantando e dançando com o refrão –  “Ah, eu te amo! Ah, eu te amo, meu amor!” – o cantor, compositor e multi-instrumentista quis gravar o hit que invadiu rádios, programas de TV e festinhas de todo o Brasil no ano de 1977, quando Magal lançou seu álbum de estreia. O resultado é uma leitura influenciada pela house e pela disco music, feita por um jovem fã de Beatles, Mutantes e Bob Dylan, entre muitos outros artistas.

“Quando comecei a pensar o álbum estava ouvindo muita disco music e acabei me lembrando dessa música, de como ela contagiava as pessoas naquela festa. Tomei a liberdade de mudar o arranjo original, mas deixei uma pegada disco, com uma linha de baixo estilo Dua Lipa, que dá um ar diferente à versão do Magal”, pontua Leo Quintella.

Um clássico com ares retrô, exatamente como tudo o que Leo Quintella produz, incluindo os dois singles lançados nas plataformas anteriormente –  Jangada e Slowmotion Cameraman.  Em breve Leo lançará o álbum Camaleão, com outras canções próprias.

Meu Sangue Ferve por Você é sua única releitura até agora e o clipe leva Leo de volta aos anos 1970, para uma boate tipo inferninho, com direito a globo espelhado e letreiro em led no teto. Ele é  o crooner de terno preto ao microfone e também o cara que curte o som, cantando, dançando, tocando guitarra e preparando as bebidas. “O clipe é disco music, mas com uma pegada brasileira. Ali, estou em um inferninho.  Apesar de ambos sermos bem altos, eu não tenho aquele jeito de dançar do Magal. É extravagante, mas à minha maneira”, pontua o artista paulistano.

A caminhada a la John Travolta em “Os embalos de sábado à noite” e o estilo “Grease” de olhar mostram que não faltam referências cinematográficas no clipe. Só falta saber o que Sidney Magal vai achar da homenagem, que certamente fará com que uma nova geração também o redescubra.

Camaleão está sendo produzido no moderno NAVE 33 Studio, por Juliano Cortuah, nome por trás de diversas trilhas sonoras de novelas e de trabalhos lançados por grandes nomes da música brasileira, de Roberto Carlos a Ana Vilela. Nesse segundo single, Cortuah assume ainda o arranjo, o baixo e a guitarra. Meu Sangue Ferve por Você conta com Renan Martins na bateria, Eduard Follmann nos teclados e André Siqueira na percussão, e foi mixada por Juliano Cortuah no NAVE 33 e masterizada por Felipe Tichauer no Redtrexxmastering, em Miami.

Foto Valentina Denuzzo
FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...