‘E-sports Bento’ insere campeonato de Free Fire na programação com narração de Caíque Brown

Caíque Brown - acervo pessoal

Caíque Brown – acervo pessoal

Inscrições de equipes para torneio do maior battle royale da atualidade vão até o dia 8 de outubro

O ‘E-sports Bento’ avança de fase e insere mais um grande sucesso na edição 2021. Além dos já tradicionais FIFA e League of Legends, o universo gamer se expande com torneio de Free Fire, maior battle royale para mobile na atualidade. A competição ocorre em formato virtual e, nessa modalidade, terá narração de Caíque Brown, uma das principais vozes do game no Brasil. As inscrições estão abertas até o dia 8 de outubro através do link e as finais ocorrem nos dias 5 e 6 de novembro, com transmissão on-line.

O Free Fire é um game para mobiles criado pela desenvolvedora vietnamita 111dots Studio e lançado pela distribuidora Garena inicialmente em 2017. Trata-se de um battle royale – jogo de exploração e sobrevivência – onde um total de até 50 jogadores caem de paraquedas em uma ilha em busca de armas e equipamentos, competindo até que apenas um sobreviva. Atualmente, é o jogo do gênero mais popular do mundo, tendo sido o mobile mais baixado do Brasil e do mundo em 2020 e o quinto com mais usuários mensais em todo o planeta. Recentemente, o Free Fire rompeu a barreira de 1 bilhão de downloads na Google Play Store e é presença constante na lista de jogos com maior arrecadação. No YouTube, o sucesso se mantém: são 72 bilhões de horas assistidas de gameplays e três dos torneios online mais assistidos no mundo em 2020.

O sucesso faz com que a comunidade do jogo cresça a cada dia, se tornando verdadeira fonte de renda para milhões de pessoas que se tornam proplayers – jogadores profissionais – e também outros profissionais, como é o caso de Caíque Brown, narrador e caster especializado no jogo. Responsável por passar a emoção e os acontecimentos nos maiores campeonatos do Brasil, ele hoje tem no Instagram 34 mil seguidores graças ao Free Fire. “Ele tem de especial essa questão do alcance, proporcionada pelo mobile. Por ser jogado a partir de um celular, não necessita de um computador gigantesco, muito caro, para ser jogado. É por isso que eu trabalho com esse game: é muito inclusivo”, comenta.

Para Caíque, o que essa inclusão traz de mais importante é a possibilidade de futuro para milhares de jovens pelo Brasil. “O universo do game sempre foi muito grande, mas está em expansão. E o Free Fire é o carro-chefe dessa guinada. Ele surge como uma possibilidade real de profissão sem a necessidade de um PC gamer. É como o futebol: hoje temos crianças e adolescentes de treze anos, vindas das periferias, com tanto talento que já possuem contrato fazendo lives ou jogando. Dessa forma, sustentam uma família, às vezes uma geração inteira.” Tornar-se um jogador de elite, porém, não é tão fácil. É preciso persistência, paciência e muito trabalho. Essa é exatamente a dica de Caíque para quem quer se dar bem no torneio de Free Fire na segunda edição do E-Sports Bento. “Tem que realmente querer ser pro-player. Esse é o primeiro passo. Mas de verdade, dar sempre o 1000%, mesmo que o seu time não acompanhe o nível. Dedicação sempre.”

Formato e inscrições

O campeonato de Free Fire, disputado em formato virtual, tem vaga para doze equipes de até quatro pessoas em um jogo de sobrevivência – o último grupo a permanecer no mapa sairá vencedor. A premiação prevê R$ 800 para o time campeão, R$ 400 para o segundo colocado e R$ 200 para o terceiro. As inscrições estão abertas até o dia 8 de outubro através do site da Rookie (www.rookie.com.br) ou neste link.

FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...