Cooperativa Vinícola Garibaldi projeta faturamento de R$ 220 milhões

Foto Augusto Tomasi

Foto Augusto Tomasi

Depois do enfrentamento de 18 meses de pandemia, os sinais mais evidentes de que a crise sanitária está sendo controlada vêm da vacinação. Na carona desse novo cenário, a retomada consciente das festividades vitamina as já boas expectativas para o último trimestre do ano, um dos períodos mais férteis em vendas para a Cooperativa Vinícola Garibaldi.
Entre outubro e dezembro, a marca pretende alcançar 35% do total de seu faturamento no ano, atingindo um total de R$ 220 milhões – 17% a mais do que no ano passado. Grande parte desse montante está centrada na comercialização dos produtos para os Estados do Rio Grande do Sul, de São Paulo e de Minas Gerais, responsáveis por mais de 60% dos resultados da organização. São eles, principalmente, que também respaldam o otimismo para encerrar 2021 em alta nas vendas. “Apostamos em um crescimento médio em volume na casa dos 12%. Em relação aos espumantes, devemos fechar o ano com aumento na casa dos 30%”, projeta o diretor executivo, Alexandre Angonezi.

Espumantes devem fechar o ano com aumento na casa dos 30% na Cooperativa Garibaldi – Crédito Augusto Tomasi
Neste nicho, os consumidores ficarão bastante divididos quanto ao tipo da bebida. O Brut, entretanto, deve ter uma ligeira vantagem em relação ao Moscatel, obtendo 45% da preferência, contra 40% da bebida mais adocicada. Já os Demi-Sec devem responder por 15% do total. Mas uma característica será comum aos três. “Metade das vendas será de espumantes rosés e a outra metade, de brancos”, diz Angonezi.

Ritmo acelerado no último trimestre do ano, um dos períodos mais férteis em vendas de espumantes – Crédito Augusto Tomasi

Rosés devem responder por metade das vendas de espumantes da Cooperativa Vinícola Garibaldi- Crédito Augusto Tomasi

Os produtos rosés, aliás, têm sido trabalhados estrategicamente pela vinícola nos últimos anos, atendendo a um crescente interesse do consumidor por esse tipo de bebida. Apenas neste ano, a cooperativa lançou dois vinhos – o Pinot Noir Rosé e o Granja União Merlot Rosé – e um espumante leve de caráter festivo, o Garibaldi ICE Rosé.

Esse produto, cuja característica principal é ser apreciado com gelo, também é ideal no preparo de drinks e compõe, ao lado do frisante Relax (Rosé e Demi-Sec), bebidas ideais para um happy hour e para as festas de fim de ano. “Lançamos agora em setembro a nova coleção do Relax, uma linha que esperamos ter vendas superiores a 50% em comparação ao igual período de 2020. Com o avanço da vacinação e a gradual retomada das festividades, apostamos em novos motivos para brindar neste último trimestre do ano”, comenta Angonezi.

Garibaldi ICE Rosé – Crédito Pilogus

Nova coleção Relax – Crédito Philogus
FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...