Entre atividades presenciais e online, 37ª Feira do Livro de Caxias do Sul se encerra com a marca de 137 mil visitantes

Crédito Tatieli Sperry

Crédito Tatieli Sperry

Solenidade de encerramento ocorreu na Praça Dante Alighieri neste domingo, dia 12/12
Após 17 dias de programação intensa, a 37ª Feira do Livro de Caxias do Sul chegou ao fim neste domingo (12). O sucesso da edição, em um momento de retomada, é confirmado pelos números: conforme a organização, cerca de 118.600 pessoas participaram das atividades presenciais da Feira, o que inclui ações na Praça Dante Alighieri, na Galeria Municipal de Arte Gerd Bornheim e no Café da Velha. Ao todo, 29.650 obras literárias foram vendidas pelas 18 bancas participantes.
Créditos Flávia Melice Vergani

Créditos Flávia Melice Vergani

“Minha percepção é que a cidade se transfigurou em um ambiente de trocas culturais, dinâmicas, pessoas olhando para os livros, conversando, assistindo às apresentações, participando das lives… Em suma, foi um saldo muito positivo e, como Patrona, é um orgulho. É o momento mais importante da minha carreira como escritora e acadêmica”, salienta a Patrona Alessandra Rech.
Entre saraus, bate-papos, mesas literárias, contações de histórias, oficinas, palestras, apresentações artísticas e sessões de autógrafos, o formato híbrido do evento permitiu a realização de mais de 200 atividades com segurança e tranquilidade.
“É uma alegria finalizar essa edição que foi palco de encontros, de arte, de literatura, de criação de memórias e de fazer novos amigos. Uma Feira afetuosa, construída por várias mãos, que celebrou o livro e que proporciona um convite às pessoas a lerem mais e reconhecerem a potencialidade da leitura de transformar vidas”, diz a secretária municipal da Cultura, Aline Zilli.
O coordenador Executivo da Feira, Cristiano Bartz Gomes, destaca a integração de diversas expressões artísticas ao longo da programação, além da boa receptividade do público e dos livreiros. “A 37ª Feira do Livro se encerra com a certeza da realização de um propósito, de tarefa cumprida. Ela se propôs ser um momento de reencontro, retomada, reinício. E a tarefa não foi pequena: trazer encanto e emoção à cidade, acalentar a alma depois de um longo período de incertezas e celebrar a esperança.”
A organização também ressalta as cerca de 13 mil crianças envolvidas pelos projetos literários da Feira, como o Passaporte da Leitura, a Maratona de Contação de Histórias e o Tapete Mágico. “Como tivemos limitações e incertezas para trabalhar no modo presencial com os alunos neste ano, as atividades da Feira voltadas ao público infantil foram basicamente online”, complementa o diretor do Livro, Literatura e Leitura da Secretaria Municipal da Cultura, Cássio Immig.
Claudio Troian, o Amigo do Livro, enfatiza os lançamentos de obras literárias, as sessões de autógrafos e o movimento constante de público nas bancas. “Isso demonstra que estamos, aos poucos, retomando uma certa normalidade, mas fundamentalmente correndo em busca dos livros, que tornam nossos dias menos pesados. Agora, só pela edição do ano que vem!”, vibra.
Feira híbrida também movimentou as redes
Até as 16h30 deste domingo (12), o total de pessoas que acompanharam as lives da Feira do Livro era de 18.752. No YouTube, os conteúdos somaram 3.387 visualizações e no Facebook, 15.365.

Ao final do dia, a cerimônia que marcou o fim da edição reuniu, no Palco da Feira do Livro, a Patrona Alessandra Rech, o Amigo do Livro Claudio Troian, a secretária da Cultura de Caxias do Sul, Aline Zilli, a presidente da Associação dos Livreiros Caxienses, Maria Helena Lacava e o diretor do Livro, Literatura e Leitura, Cássio Immig. Após discursos e a entrega de placas que homenageiam a Patrona e o Amigo do Livro, a apresentação do Quinteto da Orquestra Municipal de Sopros fechou com chave de ouro a solenidade de encerramento da 37ª Feira do Livro de Caxias do Sul.

Sobre a Feira do Livro de Caxias do Sul

Com o tema “Ler Para (se) Mover”, a 37ª Feira do Livro em Caxias do Sul ocorreu de 26 de novembro a 12 de dezembro, na Praça Dante Alighieri, no Centro. Foram 17 dias de atrações culturais e artísticas, sendo realizadas de forma presencial e de forma virtual, abertas à comunidade. A Feira seguiu protocolos de segurança, como uso de máscara obrigatório, distanciamento e disponibilização de totens de álcool gel. Saiba mais no Facebook (https://www.facebook.com/FeiradoLivrodeCaxiasdoSul/) e no Instagram (@feiradolivrocaxiasdosul).
FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...