CDL Jovem de Caxias do Sul mobiliza estabelecimentos e consumidores para o Dia Livre de Impostos

Foto Regina Lain

Foto Regina Lain


Promovida em 2 de junho, ação quer conscientizar a população sobre a alta carga tributária que incide sobre produtos e serviços no Brasil, além de estimular as vendas através de itens promocionais. Empreendimentos de todos os setores da cidade têm até o dia 31 de maio para se cadastrar na campanha

 

Um terço do preço da roupa ou do calçado que você usa é de impostos, assim como a conta do restaurante e da academia. Quase metade do valor dos produtos de higiene e de eletrônicos também são para a tributação. Itens como maquiagem e perfumaria chegam à taxas exorbitantes de 58% e 70%, respectivamente.

Em um ranking de 30 países, o Brasil é o 14º que mais arrecada com encargos e está em último como o país que melhor retorna o dinheiro para a sociedade. São necessários, aproximadamente, 153 dias de trabalho para o brasileiro arcar com todos os impostos do ano.

Para chamar a atenção dos consumidores sobre os altos índices da carga tributária nacional, as CDLs Jovens de todo o país promovem, em 2 de junho (quinta-feira), o Dia Livre de Impostos (DLI). Não por coincidência, a data marca os cinco meses necessários para cumprir com os encargos.

CDL Jovem de Caxias do Sul também está engajada na campanha e pelo quarto consecutivo se junta à iniciativa que já ocorre no país há 16 edições. A diretora do grupo, Shaíze Maldonado Roth, conta que a ação dará ênfase à venda de produtos e serviços com percentuais de descontos proporcionais aos impostos de cada item como uma maneira de informar os consumidores.

“O Dia Livre de Impostos é uma data para expressar a insatisfação do brasileiro com a tributação abusiva que limita o poder de consumo da população e serve de freio para o crescimento econômico do país”, frisa a diretora.

Entre as novidades para o DLI 2022, está o retorno presencial da ação junto aos estabelecimentos caxienses. Por conta da pandemia, em 2020 e 2021, a campanha foi promovida apenas por meio dos canais digitais.

Neste ano, além da participação das lojas do Shopping Villagio Caxias – que também apoiou a primeira edição, em 2019 -, a CDL Jovem Caxias está incentivando estabelecimentos de todos os setores a participarem. No dia 2 de junho também terá uma mobilização pelas ruas da área central e pelo Shopping Villagio, com um dinossauro, em alusão ao mascote da iniciativa, o Impostossauro.

Shaíze revela que as CDLs Jovens querem consolidar o Dia Livre de Impostos como uma nova data de compra. Entretanto, ela ressalta que para isso é preciso que haja adesão dos empreendimentos à campanha. Para 2022, o objetivo do grupo é reunir 200 negócios participantes em Caxias do Sul.

“Estamos incentivando os estabelecimentos de todos os setores, seja uma loja do comércio, um estabelecimento de beleza, um restaurante ou até a indústria, a aderirem a campanha. Nossos objetivos são conscientizar as pessoas através da venda promocional e também incentivar a comercialização de produtos ou serviços sem desconto. Sabemos na prática que o consumidor que entra numa loja não vai comprar apenas o que está na promoção. Ele acaba levando outros itens, incrementando a sua compra”, enfatiza.

A diretora da CDL Jovem Caxias lembra que na edição 2019, os lojistas do Shopping Iguatemi (atual Villagio) tiveram um crescimento de 89% nas vendas e aumento de 99% no fluxo de visitantes em relação a 2018, quando a ação não era promovida na cidade, além de um acréscimo de 78% nas comercialização frente a semana anterior à data.

“Em 2019, tivemos relatos de lojas que tiveram incremento de acesso de público e de venda. Um dos lojistas participantes, inclusive, afirmou que para ele o Dia Livre de Impostos foi tão bom quanto o Natal”, recorda.

A diretora da CDL Jovem Caxias complementa que não é necessário que o empresário coloque à venda todos os itens sem impostos.

“O lojista escolhe um ou mais itens que oferecerá no dia 2 de junho com o desconto proporcional a tributação. Não há exigências quanto ao número de produtos, pode ser até mesmo um item de estoque. O que é obrigatório é a aplicação da redução do valor proporcional ao imposto dele”, reforça Shaíze.

Empreendimentos interessados em participar do DLI têm até o dia 31 de maio (terça-feira) para cadastrarem seus negócios e produtos promocionais que serão comercializados no dia 2 de junho. A inscrição é exclusivamente através do site www.dialivredeimpostos.com.br. Não é necessário ser associado a CDL Caxias do Sul. Entretanto, as empresas que fazem parte da entidade terão direito a um kit da campanha, que inclui cartaz, flyers e tags de desconto, e que deverá ser retirado gratuitamente na sede da entidade.

PRODUTO/SERVIÇO E CARGA TRIBUTÁRIA MÉDIA NO BRASIL**
Livros – 15%
Estacionamento – 16%
Bebidas sem álcool – 26%
Salão de beleza – 26%
Academia – 27%
Cama, mesa e banho – 28%
Joias/Relógios – 30%
Cinema – 30%
Vestuário – 31%
Sapatos – 31%
Remédios – 31%
Papelaria – 32%
Restaurantes – 32%
Eletrodomésticos – 34%
Brinquedos – 34%
Óculos – 34%
Bijuterias – 34%
Chocolate 34%
Utensílios para o lar – 37%
Celulares – 40%
Bolsas e malas – 40%
Eletrônicos – 43%
Bebida alcoólica e cigarros – 43%
Higiene pessoal – 46%
Maquiagem – 58%
Perfumaria – 70%

**Fonte: Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL)

 

FOTO
Legenda:
 Na edição 2019 do DLI, lojistas do Shopping Iguatemi (atual Villagio) tiveram um crescimento de 89% nas vendas e aumento de 99% no fluxo de visitantes em função da data.

Crédito: Regina Lain, divulgação     

FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...