Servidores da Funai em Atalaia do Norte (AM) fizeram um protesto-relâmpago no início da manhã desta sexta-feira

289036632_5897130636980568_1886599667364299921_n

Servidores da Funai em Atalaia do Norte (AM) fizeram um protesto-relâmpago no início da manhã desta sexta-feira. Com sacos pretos na cabeça e as mãos e pés atados, mostram que estão sufocados e de mãos amarradas para fazer frente às constantes invasões à Terra Indígena Vale do Javari e às ameaças que têm recebido na região.

Os cartazes pediram justiça sobre os assassinatos do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips, ocorridos no ultimo dia 5, e do indigenista Maxciel Pereira, ocorrido em Tabatinga em 2019. Uma faixa ironizou declarações recentes de Bolsonaro contra Bruno e Dom.

Acompanhe o trabalho dos repórteres no Vale do Javari: https://agen.pub/valedojavarifb

Foto José Medeiros/Agência Pública

FOCAR VEÍCULOS.svg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...