Home » Archives by category » Psicologia (Page 2)

Uma sociedade excludente comercializa emoções. E você, comercializa as suas?

Uma sociedade excludente comercializa emoções. E você, comercializa as suas?

By Patrícia Luiza Prigol Vivemos a Era do vazio do pensamento e da emoção. E assim nos tornamos suscetíveis e vulneráveis à industrialização e comercialização das nossas emoções. Numa sociedade hiper estimulada através da permanente interatividade proporcionada pelas tecnologias presentes no cotidiano, cada vez mais as emoções genuínas são substituídas pela digitalização. Permanecendo adulterada numa sociedade […]

Tempos de Intolerância

Tempos de Intolerância

By Patrícia Luiza Prigol Segundo o professor e historiador Leandro Karnal, a etimologia latina da palavra tolerância remete a: sofrer em silêncio. A partir desta concepção a ideia da tolerância passou a ser vista como submissão. Somado a esta ideia temos a cultura do “macho alfa” que acha que é preciso não apenas ter opinião, mas […]

Como reconhecer pessoas frias, sem sentimento de culpa, que compõem parte da cultura psicopática da nossa sociedade?

Como reconhecer pessoas frias, sem sentimento de culpa, que compõem parte da cultura psicopática da nossa sociedade?

Escrito por Patrícia Luiza Prigol Segundo a psiquiatra e professora honoris causa pela UniFMU (SP), Dra. Ana Beatriz Barbosa Silva, “vivemos atualmente uma cultura psicopática que invade o cenário da teledramaturgia, da mídia e da sociedade em geral”. O desrespeito, a frieza, a luxúria e a perversidade dos psicopatas estão ganhando espaço nas telinhas e […]

A águia que “quase” virou galinha!

A águia que “quase” virou galinha!

By Patrícia Luiza Prigol. “O tempo está chegando quando o homem não mais lançará a flecha do seu desejo para além de si mesmo e a corda do seu arco se esquecerá de como vibrar … O tempo está chegando, quando o homem não mais dará à luz de uma estrela. O tempo do mais […]

Qual o papel da mulher contemporânea?

Qual o papel da mulher contemporânea?

By Patrícia Luiza Prigol A modernidade trouxe consigo a diversidade de papéis que podem ser desempenhados pela mulher contemporânea. Muitas mudanças ocorreram a partir da inserção das mulheres no mercado de trabalho. Por outro lado, há um movimento sutil na contemporaneidade que insinua a retomada do estilo patriarcal. Estaríamos, portanto, repaginando o antigo papel que a […]

“Não nascemos mulher, nos tornamos mulher”

“Não nascemos mulher, nos tornamos mulher”

By Patrícia Luiza Prigol. Em alusão ao que Simone de Beauvoir afirmara na década de 70: “Ninguém nasce mulher, torna-se mulher”. Uma ativista política, encampando a missão do feminismo de sua época, escritora, filósofa-existencialista, feminista por essência e excelência, Simone não viveu tempo suficiente para presenciar as principais mudanças que tanto imprimira nos seus escritos e […]

Virar adulto é como se perder da mãe no supermercado para sempre

Virar adulto é como se perder da mãe no supermercado para sempre

By Patrícia Luiza Prigol. Para ingressar no mundo adulto é preciso deixar a casa dos pais. Histórias que revelam forte sentimento de lealdade ao sistema familiar podem trazer grande sofrimento e importantes dificuldades no processo de individuação, limitando significativamente o desenvolvimento de novas competências e a consequente expansão do potencial de seus integrantes. Entende-se por […]

Ensaios para uma vida adulta: ser ou não ser?

Ensaios para uma vida adulta: ser ou não ser?

Ensaios para uma vida adulta: ser ou não ser? By Patrícia Luiza Prigol. “SER OU NÃO SER: EIS A QUESTÃO”. William Shakespeare. “SER OU NÃO SER: EIS A QUESTÃO”. É um questionamento filosófico usado por Shakespeare quando Hamlet tem a difícil decisão ética de por fim ou não à vida do próprio tio que supunha ter […]

Querer mesmo!

Querer mesmo!

By Patrícia Luiza Prigol. “É difícil conseguir o que se quer. Só se torna menos difícil quando se quer mesmo! O navegador Amyr Klink, ao ser perguntado por um repórter sobre o que sentia a respeito das pessoas que passam 30 anos trabalhando no mesmo escritório, sentadas a vida inteira diante da mesma escrivaninha, respondeu: “Inveja”. Klink admira quem consegue […]

Há transitoriedade nas relações

Há transitoriedade nas relações

By Patrícia Luiza Prigol. “Transitoriedade nas relações”: um movimento natural que se integra ao mundo contemporâneo. Nossa capacidade de adaptação frente a essa demanda implica em posicionamento firme diante dos desafios que a vida nos apresenta e, principalmente, diante de cada nova aquisição que fizemos. O fato é que o mundo mudou numa velocidade tão grande […]