Home » Archives by category » Variedades » Poesia

Poesia: Enganos

Poesia: Enganos

By Laudir Dutra     Enganos, cometemos as nossas cotas. Quanto tempo teremos que esperar Até podermos consertar todos eles. O ontem invade o hoje como se tudo Não passasse de uma sequência de Coisas em ordem aleatória, mas com Graus de importância em cada ato…   Temo por minha sanidade sempre que falo, Desejos […]

Poesia: Um pulinho ao passado…

Poesia: Um pulinho ao passado…

  By Laudir Dutra   Revivi momentos marcantes, fiz de mim Um mapa dos melhores caminhos e das Escolhas grandiosas que eternizaram Uma vida de sonhos e de realizações…   Lástima pelos momentos que não pude Eternizar como sendo os melhores, talvez, Por fazer deles algo que a gente realiza E não guarda nos arquivos […]

Poesia: Regressão…

Poesia: Regressão…

    By Laudir Dutra     Hoje eu dancei uma música bem curtinha Te enlacei pela cintura e revivi meus tempos, Não diria que se foram, que não voltam mais, Apenas uma oportunidade para desfazer alguns Sentimentos que estavam tão silenciosos e Que por uns breves momentos, renasceram…   Surge a figura da beleza, […]

Poesia: Você lembra…?

Poesia: Você lembra…?

  By Laudir Dutra   Talvez nem tão distante assim Um tempo em que fazíamos juras de amor eterno, terno, sereno e cheio de nuances maravilhosas…   O dia dos namorados se foi rápido E como um furacão, um turbilhão De coisas veio à minha mente, Pois sempre que pensávamos De como seria passarmos juntos, […]

Poesia: Sou todo cor, sou todo, Sou todo amor…

Poesia: Sou todo cor, sou todo,  Sou todo amor…

        By Laudir Dutra     Deveras eu poder ser sempre Aquilo que possa cativar meu eu. Simplesmente me emociono com Tantos lados de uma mesma moeda…   Seguro estaria se tivesse asas para voar, Se o coração pudesse ter o livre arbítrio De pousar em campos verdes ou em Águas calmas […]

Poesia: Sentimentos…

Poesia: Sentimentos…

  By Laudir Dutra     Dizem só se morre uma vez. Ledo engano. Se morre de amor, Se morre de paixão e de saudade…   Mortes que dilaceram lentamente O peito da gente, do embrião que Se forma em torno dos sentimentos..   Amor que mata lentamente e que Aos poucos vai afetando todos […]

Me encanto com teu canto

Me encanto com teu canto

  Somente voar não é o bastante, É preciso chegar e ficar por um tempo.   Satisfazer a beleza de um momento de Pura vontade de estar ali, de ser especial.   Dizer todas as coisas que o coração permitir E depois, bem no final, retribuir toda a leveza Que um encanto deixa na gente, […]

Poesia

Poesia

  Aquele sentimento de amor…   Ouvi uma canção que falava assim, Você perdeu o sentimento de amor Não sinto mais teus dedos tocarem Os meus dedos como antigamente Talvez com receito de que eu mesmo Tenha igualmente perdido o jeito, Deixei me levar pelas inúmeras Vezes em que precisamos um do Outro, não estávamos […]

Poesia

Poesia

  Me conceda…   A última música para dançar Com alguém que a gente gosta. No final de tudo, a festa acaba E o que queremos é não ir pra Casa sozinhos.   Talvez para não precisar inventar Desculpas, não ter que justificar Àqueles estranhos de fora de Que na verdade o nós não existe, […]

Poesia

Poesia

  Certificando..   O coração abriu um espaço na sua Agenda pra falar de amor, coisas tantas Que aguçam minha inquietude de viver Abaixo da linha de alcance do cupido…   O radar ligado, sentidos em alerta. Me deixei levar um pouquinho e Divaguei sobre sentimentos maiores Que a minha própria existência…   De achar […]

Page 1 of 212