Seja bem-vindo
Caxias do Sul,22/02/2024

  • A +
  • A -

Antes de cair na folia, fique atento às dicas para um carnaval feliz e saudável

Fonte: Exata Comunicação e Evento
Antes de cair na folia, fique atento às dicas para um carnaval feliz e saudável Dra. Fernanda Giacomello Crédito: Freepik/Divulgação
Publicidade

Se você está na contagem regressiva para a folia do Carnaval, é importante aproveitar os dias que antecedem os festejos para preparar o organismo e garantir que a quarta-feira de cinzas não seja de arrependimentos. A alegria de se fantasiar, cantar, dançar, compartilhar bons momentos em lugares e festas legais, e até algumas paqueras, são como um tratamento para o nosso corpo. E a explicação para isso está no cérebro.

Quem curte o reinado de Momo experimenta uma descarga de dopamina, que é o neurotransmissor responsável por levar informações do cérebro a outras partes do organismo, conhecido como o hormônio da felicidade, porque provoca a sensação de prazer, satisfação e de aumento da motivação. Esta fórmula é completa com a produção de serotonina, o que gera o sentimento de bem-estar e bom humor.

Mas a euforia gerada por essa combinação positiva exige alguns cuidados, como recomenda a médica ginecologista Fernanda Giacomello, convidada pela Liga de Combate ao Câncer de Bento Gonçalves para compartilhar dicas importantes relacionadas à adoção de estilos de vida saudável. "Divirta-se, mas se proteja. O importante neste momento de euforia é que o freio nunca seja tão menor do que o acelerador. Sobretudo na adolescência, sabemos que muitas vezes esse desequilíbrio acontece, então é sempre bom reforçar a importância de decisões racionais e cuidados preventivos antes de cair na folia", explica a médica.

As dicas para um Carnaval que ficará marcado na memória como um daqueles momentos de alegria, com a consciência sobre os hábitos de vida saudável, fazem parte da mobilização permanente da Liga de Combate ao Câncer de Bento Gonçalves. “Cuidar da saúde vai muito além de fazer o tratamento quando o corpo é acometido por alguma doença, é algo que requer a tomada de decisões conscientes todos os dias, para prevenir a incidência de enfermidades e deixar o organismo forte para a eventual necessidade de enfrenta-las”, explica a presidente da entidade, Maria Lucia Gava Severa.

A seguir, confirma alguns lembretes importantes:

 

Será que é possível, durante o Carnaval, viver "de bar em bar"?

Lembre-se que o organismo está recebendo fortes estímulos que provocam a euforia. Então, ter o controle sobre o ambiente em que se está curtindo o Carnaval é fundamental, e é também necessário para aquela boa sensação provocada pelo hormônio do bom humor e bem-estar. "Os ambientes e as companhias influenciam nas atitudes. Aquela frase 'diga-me com quem andas...' precisa ser levada a sério no Carnaval. Ficar com amigos, em ambientes agradáveis é sempre melhor", diz a Fernanda.

Para entrar na folia, seja na rua ou em ambientes fechados, é preciso garantir alguns ‘adereços’, como aquela garrafinha de água sempre abastecida, o protetor solar e, claro, o preservativo. Se você vai "se jogar no samba", como diz a música, fique atento: "O protetor solar tem que estar sempre presente. Se você vai se pintar, no rosto ou no restante do corpo, tenha muito cuidado com as substâncias que vai usar na pele, se elas são específicas para isso. Use sempre roupas leves, confortáveis e claras. As roupas escuras retêm o calor e aceleram o processo de desidratação", explica Fernanda Giacomello.

 

Mas é bom "sambar até cair"?

É melhor guardar a frase só para a música durante a folia mesmo. Porque o seu organismo tem limites, e eles emitem alertas nestes momentos. "Consuma muita água, porque a desidratação é acelerada com a exposição solar e também com o consumo de álcool, mesmo de forma moderada. Sinais como náuseas, vômito e até desmaios podem ser sinais de alerta de que o corpo está desidratado. A garrafinha de água é item essencial no Carnaval", comenta a médica.

E mesmo que o samba diga que dá para curtir "como se não houvesse amanhã", na prática não é bem assim. O amanhã sempre chegará, e poderá ser traumático se você não tomar os cuidados necessários durante a folia. Não consuma drogas ilícitas. Ter sempre consigo preservativos e a consciência de que o consumo de álcool, sobretudo em excesso, transforma a euforia boa da festa em uma situação de risco ao organismo são receitas básicas para os quatro dias do Carnaval. Lembre-se de que você estará desgastado e muitas vezes exposto ao calor e ao Sol, então, os efeitos do álcool, mesmo em menor quantidade, podem ser acelerados.

"As relações amorosas e sexuais, de todas as formas, precisam ser resultado de decisões conscientes, corretas e saudáveis. É preciso usar preservativo em todas as relações, não apenas quando há penetração, por exemplo. No sexo oral, o preservativo também é fundamental", explica a médica. Ela alerta para uma série de infecções sexualmente transmissíveis, como o HIV, sífilis, HPV, gonorreia e clamídia. E há ainda a prevenção a alguma gravidez indesejada. Infelizmente, ainda é rotina no consultório da Fernanda Giacomello, logo após os quatro dias de Carnaval, a frequência de pacientes em desespero, buscando por exames, após decisões arriscadas durante a folia. "Aproveitem o Carnaval, mas nunca deixem de tomar decisões conscientes. Elas garantem o dia de amanhã", comenta a ginecologista.

Publicidade



MAIS FOTOS



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.