Seja bem-vindo
Caxias do Sul,16/06/2024

  • A +
  • A -

Reconstrução do km 20,5 da ERS-240 deve ser concluída até domingo (26)

Fonte: MCom Comunicação
Reconstrução do km 20,5 da ERS-240 deve ser concluída até domingo (26) ERS-240 km 20 - Crédito: Hugo Machado Teixeira

Ruptura da pista ocorreu na noite de segunda-feira (20), em trecho pertencente a Capela de Santana. Trabalhos iniciados pela CSG já no dia seguinte seguem mesmo com instabilidade climática. Concessionária não descarta eventuais atrasos, caso chuvas fortes voltem a cair



As obras de reconstrução do trecho do km 20,5 da ERS-240, em Capela de Santana, devem ser concluídas pela CSG até este domingo (26). A previsão é que no mesmo dia os veículos já possam trafegar com segurança pelo local. A concessionária que administra a rodovia está trabalhando no ponto desde terça-feira (21), após o desmoronamento na noite anterior (20), ocasionado pelo alto volume de água acumulado com as fortes chuvas que resultaram na maior catástrofe climática da história do Rio Grande do Sul.

Para aumentar a capacidade de vazão e evitar acúmulos de água futuros, novas galerias de 2m x 2m foram instaladas pela CSG no local.                     

Crédito: Daniela Goes/CSG, divulgação   



A ruptura na pista foi provocada pelo colapso do dispositivo de drenagem. O mecanismo era formado por três linhas de tubos de concreto com diâmetro de um metro cada, que não suportaram a pressão da água acumulada na margem da rodovia. As novas galerias que estão sendo instaladas pela CSG têm dois metros de altura por dois metros de largura (2x2), o que aumentará a capacidade de vazão e evitará acúmulos de água futuros.

A empresa está atuando no trecho, 12 horas por dia, com uma equipe de mais de 15 funcionários, com três escavadeiras, caminhões e guindaste para posicionamento das estruturas de drenagem. Até o momento, cerca de 4 mil toneladas de pedras já foram aterradas, das 9 mil toneladas necessárias para compor os mais 12 metros de altura.

O ponto da ERS-240 vinha sendo monitorado pela CSG desde o dia 30 de abril e foi bloqueado ainda na tarde do dia 20 de maio, o que garantiu a segurança dos motoristas e demais usuários da rodovia. Na mesma data, a companhia também já havia comunicado à prefeitura de Capela de Santana e a Defesa Civil sobre os riscos de desmoronamento da pista e, consequentemente, invasão de água no perímetro urbano.  

Após a normalização do tráfego em toda malha viária concedida, a concessionária vai seguir realizando obras preventivas nos 271,5 km administrados no Vale do Caí e na Serra Gaúcha. Além do redesenho dos taludes, que já está em operação, serão realizadas melhorias nas bancadas de redirecionamento de água para evitar que o solo fique encharcado.

Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.