Seja bem-vindo
Caxias do Sul,20/07/2024

  • A +
  • A -

Dia da Pizza | Conheça a história, os tipos e aprenda uma receita de pizza napolitana

Fonte: Senac-RS | Usina de Notícias
Dia da Pizza | Conheça a história, os tipos e aprenda uma receita de pizza napolitana Divulgação

O dia 10 de julho é conhecido como o Dia da Pizza. Entre as diversas teorias sobre sua origem, a mais assertiva é que a iguaria surgiu na Itália, mais especificamente em Nápoles, no século XVIII. No entanto, o conceito de colocar ingredientes sobre uma massa assada é muito mais antigo… 

Primeiros registros 

Segundo o chef e docente dos cursos de Confeiteiro e Panificação do Senac Caxias do Sul, Michel Bortolotto, há registros de povos antigos, como os egípcios, gregos e romanos, que já preparavam algo semelhante à pizza. "Eles faziam uma espécie de pão achatado e o cobriam com azeite e ervas. Os gregos, por exemplo, tinham um prato chamado "plakous", que era uma massa achatada com coberturas", explica. 

A evolução em Nápoles 

De acordo com o especialista, a pizza moderna começou a ganhar forma em Nápoles: "Durante o século XVIII e início do século XIX, a pizza napolitana era um alimento básico para os pobres da cidade. Eles adicionavam tomate, recém-introduzido na Europa das Américas, à massa de pão. Esse foi um dos passos fundamentais para a criação da pizza moderna". 

Margherita e o reconhecimento real 

Uma das histórias mais famosas sobre a popularização da pizza envolve a visita da rainha Margherita de Sabóia a Nápoles, em 1889. Ela teria pedido para experimentar variedades de pizza. "Um pizzaiolo chamado Raffaele Esposito preparou três tipos, sendo uma delas coberta com tomate, queijo mozzarella e manjericão, representando as cores da bandeira italiana. Essa combinação foi a favorita da rainha, e a pizza passou a ser conhecida como "Margherita" em sua homenagem", comenta Bortolotto. 

Expansão global 

A pizza, destaca o docente, ganhou popularidade fora da Itália no final do século XIX e início do século XX, quando os imigrantes italianos levaram a receita para os Estados Unidos. Em cidades como Nova York e Chicago, começou a ser vendida e adaptada ao gosto local, resultando em diferentes variações regionais. No pós-Segunda Guerra Mundial, a pizza se espalhou por todo o mundo, tornando-se um prato globalmente reconhecido e apreciado. "Hoje, a pizza é um dos alimentos mais populares do mundo, com infinitos estilos que refletem a diversidade cultural e os gostos locais", ressalta. 

Pizza no Brasil 

No Brasil, conta o chef, a pizza foi trazida pelos imigrantes italianos entre o final do século XIX e início do século XX. Esses imigrantes se estabeleceram principalmente em São Paulo, cidade que hoje é conhecida como a capital da pizza no Brasil. Os primeiros registros de pizzarias em São Paulo datam do início do século XX. Elas foram abertas por imigrantes italianos que trouxeram consigo suas receitas e tradições culinárias. No começo, a pizza era mais consumida dentro das comunidades italianas, mas gradualmente foi ganhando popularidade entre a população em geral". 

Tipos de pizzas e suas diferenças 

Massas tradicionais 

• Massa napolitana 

• Características: fina e crocante nas bordas, mas macia no centro. Feita com farinha tipo 00, água, sal e fermento natural. 

• Tempo de fermentação: normalmente 24 horas. 

• Massa romana 

• Características: fina e crocante em toda a superfície, com uma textura leve e crocante. 

• Tempo de fermentação: geralmente entre 24 e 48 horas. 

• Massa siciliana 

• Características: 
mais espessa e fofa, lembrando uma focaccia. Assada em uma assadeira retangular. 

• Tempo de fermentação: varia entre 1 e 2 horas. 

Massas estilo americano 

• Massa estilo nova-iorquino 

• Características: fina e flexível, com bordas levemente crocantes. 

• Tempo de Fermentação: normalmente de 24 a 48 horas. 

• Massa estilo Chicago (Deep Dish

• Características: muito espessa e com bordas altas, semelhante a uma torta. Recheio e coberturas são abundantes. 

• Tempo de Fermentação: Cerca de 1 a 2 horas. 

Massas alternativas 

• Massa integral 

• Características: feita com farinha integral, oferecendo uma opção mais saudável com mais fibras. 

• Tempo de fermentação: semelhante à massa tradicional, geralmente 1 a 2 horas. 

• Massa Sem Glúten 

• Características: feita com farinhas alternativas como farinha de arroz, farinha de amêndoa ou outras misturas sem glúten. 

• Tempo de fermentação: varia conforme a receita e os ingredientes usados. 

• Massa de Couve-flor 

• Características: feita com couve-flor triturada, queijo e ovos. Uma opção low-carb e sem glúten. 

• Tempo de preparo: sem fermentação, pronta para uso após a mistura dos ingredientes. 

Massas Gourmet 

• Massa de Fermentação Natural 

• Características: usam fermento natural (levain), o que resulta em uma massa com sabor mais complexo e textura leve e aerada. 

• Tempo de fermentação: pode variar de 24 a 72 horas ou mais. 

• Massa com Cerveja 

• Características: usa cerveja em vez de água na receita, o que adiciona sabor e uma leveza extra à massa. 

• Tempo de fermentação: semelhante à massa tradicional, geralmente 1 a 2 horas 

A pizza napolitana, conhecida por sua massa fina, bordas infladas e ingredientes frescos e simples, também ganhou popularidade no Brasil. Sua ascensão no país pode ser atribuída a diversos fatores, incluindo a autenticidade, a qualidade dos ingredientes e a crescente valorização da gastronomia artesanal. Para comemorar o Dia da Pizza, o docente preparou uma receita de pizza napolitana. Confira: 

Receita de Pizza Napolitana 

Ingredientes 

Para a massa: 

• 500g de farinha de trigo tipo 00 (ou farinha de trigo comum) 

• 325mL de água 

• 10g de sal 

• 3g de fermento biológico seco (ou 10g de fermento biológico fresco) 

Para o molho: 

• 400g de tomates pelados (de preferência San Marzano) 

• Sal a gosto 

• Folhas de manjericão fresco 

• Azeite de oliva 

Para a cobertura: 

• 250g de mussarela de búfala fatiada 

• Folhas de manjericão fresco 

• Azeite de oliva extravirgem 

Passo a Passo 
 

            • Preparação da Massa: 

• Em uma tigela grande, misture a farinha e o sal. 

• Dissolva o fermento na água morna e deixe descansar por alguns minutos até formar uma espuma. 

• Adicione a água com fermento à mistura de farinha e comece a misturar com as mãos até formar uma massa. 

• Transfira a massa para uma superfície enfarinhada e sove por cerca de 10 minutos até que ela fique lisa e elástica. 

• Coloque a massa em uma tigela untada com azeite, cubra com um pano úmido e deixe descansar em um local morno por cerca de 1 a 2 horas, ou até dobrar de tamanho. 

            • Preparação do Molho: 

• Em uma tigela, amasse os tomates pelados com as mãos até formar um purê rústico. 

• Tempere com sal a gosto e adicione algumas folhas de manjericão e um fio de azeite de oliva. Misture bem e reserve. 

            • Montagem da Pizza: 

• Pré-aqueça o forno à temperatura mais alta possível (250°C ou mais, se possível). 

• Se estiver usando uma pedra de pizza, coloque-a no forno para aquecer. 

• Divida a massa em duas ou três porções (dependendo do tamanho desejado da pizza). 

• Em uma superfície enfarinhada, abra cada porção de massa com as mãos, pressionando do centro para as bordas até formar um disco fino com bordas ligeiramente mais grossas. 

• Coloque a massa aberta em uma assadeira ou pá de pizza enfarinhada. 

            • Adicionar o Molho e a Cobertura: 

• Espalhe uma fina camada de molho de tomate sobre a massa, deixando as bordas livres. 

• Distribua as fatias de mussarela de búfala uniformemente sobre o molho. 

• Adicione algumas folhas de manjericão fresco e regue com um fio de azeite de oliva. 

            • Assar a Pizza: 

• Transfira a pizza para o forno quente (ou para a pedra de pizza, se estiver usando). 

• Asse por cerca de 8 a 10 minutos, ou até que a massa esteja dourada e crocante e o queijo derretido e levemente borbulhante. 

• Retire do forno e deixe descansar por alguns minutos antes de cortar e servir. 

            • Servir

• Decore com folhas de manjericão fresco adicionais, se desejar, e sirva imediatamente. 

Se você se interessa por Gastronomia, o Senac Caxias do Sul oferece uma série de formações na área. Para saber mais, entre em contato pelo telefone (54) 3225-1666 ou pelo WhatsApp (54) 99268-9907. A escola está localizada na av. Júlio de Castilhos, 3638, no bairro Cinquentenário. 

Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.